Ott Tanak dominou Arctico de fio a pavio

Aos comandos de um Hyundai i20 Coupé WRC venceu hoje o Rali do Árctico, segunda prova do campeonato do mundo da especialidade, cabendo ao finlandês Kalle Rovanperä, em Toyota Yaris WRC, assumir a liderança do campeonato.

PEDRO RORIZ (auto.look2010@gmail.com)

O estónio Ott Tanak (Hyundai i20 Coupé WRC) venceu o Rali do Árctico, segunda prova do Campeonato do Mundo de Ralis (WRC), à frente do finlandês Kalle Rovampera (Toyota Yaris WRC), que assegurou o 1-2 da marca japonesa e ascendeu ao comando do campeonato, com quatro pontos de vantagem sobre o belga Thierry Neuville (Hyundai i20 Coupé WRC), que completou o pódio.

Para Ott Tanak «um novo rali é um desafio diferente e sabíamos que a Toyota ia jogar forte, porque estamos no país onde teve início o seu envolvimento no “Mundial” e sabíamos que era difícil ganhar, mas tivemos um bom fim-de-semana e fomos capazes de o fazer».

Por sua vez, Kalle Rovampera não escondeu que «queria bater-me pela vitória, mas cometi um erro e perdi alguma confiança, mas ataquei durante todo o fim-de-semana e só posso estar contente com o segundo lugar».

Para as duas derradeiras especiais as atenções centravam-se nas lutas pelo segundo lugar, assegurado por Kalle Rovampera, que foi o mais rápido na “Power Stage”, e pelo sexto, resolvido a favor do japonês Takamoto Katsuta (Toyota Yaris WRC), depois do sueco Oliver Solberg (Hyundai i20 Coupé WRC), que vinha a ser o mais rápido na “Power Stage”, ter feito um pião a três curvas do fim, o que lhe custou perder o sexto lugar por 1,2”.

De referir que no mesmo local, minutos antes, o mesmo tinha sucedido ao francês Pierre-Louis Loubet (Hyundai i20 Coupé WRC). Após o abandono de ontem, o francês Sébastien Ogier (Toyota Yaris WRC), que tinha chegado à Finlândia no comando do “Mundial”, regressou com o objectivo de arrecadar os cinco pontos da “Power Stage”, mas não foi além do quinto lugar, o que lhe valeu arrecadar um escasso ponto, que não impediu a descida para o terceiro lugar do campeonato, com o campeão do mundo a queixar-se, como de costume, facto de abrir a estrada, já que era o terceiro a entrar em acção.

Sem surpresa, o finlandês Esapekka Lappi (VW Polo GTi R5) confirmou o triunfo entre os RC2, com 47,7” de vantagem sobre o norueguês Andreas Mikkelsen (Skoda Fabia Rally2 Evo) que cimentou a posição de comandante do respectivo “Mundial”

FICHA DA PROVA

Prova – Arctic Rally Finland Powered by Capitalbox

Data – 26,/28 de Fevereiro

Organizador – AKK Sports

Estrutura – 830,88 km divididos por três etapas: Rovaniemi – Rovaniemi (249,14 km); Rovaniemi – Rovaniemi (455,57 km); Rovaniemi – Rovaniemi (126,17 km)

PC – 10 (2 + 6 + 2)

Extensão das PC – 251,08 km (621,0 km + 144,04 km + 44,94 km)

Percentagem das PC – 30,22 %

Inscritos – 56 (13 RC1, 39 RC2, 4 RC4)

Participantes – 55 (13 RC1, 38 RC2, 4 RC4)

Classificados – 52 (12 RC1, 36 RC2, 4, RC4)

Comandantes sucessivos

Absoluto – Ott Tanak, da 1.ª à 10.ª PC

RC1 – Ott Tanak, da 1.ª à 10.ª PC

RC2 – Esapekka Lappi, da 1.ª à 10.ª PC

RC4 – Sami Pajari, da 1.ª à 10.ª PC

Vencedores

Absoluto – Ott Tanak/Martin Jarveoja (Toyota Yaris WRC)

RC1 – Ott Tanak/Martin Jarveoja (Toyota Yaris WRC)

RC2 – Esapekka Lappi/Janne Ferm (VW POlo GTi R5)

RC4 – Sami Pajari/Enni Malkonen (Ford Fiesta Rally4)

Classificação

POS. EQUIPA CARRO TEMPO
1.º Ott Tanak/Martin Jarveoja Hyundai i20 Coupé WRC 2.03’49,6″
2.º Kalle Rovampera/Jonne Halttunen Toyota Yaris WRC a 17,5″
3.º Thierry Neuville/Nicolas Gilsoul Hyundai i20 Coupé WRC a 19,8″
4.º Craig Breen/Scott Martin Hyundai i20 Coupé WRC a 52,6″
5.º Elfyn Evans/Scott Martin Toyota Yaris WRC a 1’01,5″
6.º Takamoto Katsuta/Daniel Barritt Toyota Yaris WRC a 1’37,8″
7.º Oliver Solberg/Sebastian Marshall Hyundai i20 Coupé WRC a 1’39,0″
8.º Teemu Suninen/Mikko Markkula Ford Fiesta WRC a 2’09,0″
9.º Gus Greensmith/Elliott Edmondson Ford Fiesta WRC a 3’39,4″
10.º Esapekka Lappi/Janne Ferm VW Polo GTi R5 a 6’07,0

OS MAIS RÁPIDOS

  1.º 2.º 3.º 4.º 5.º 6.º
Ott Tanak 5 2 0 1 0 1
Craig Breen 0 2 1 1 2 2
Kalle Rovampera 2 3 3 1 1 0
Thierry Neuville 1 2 2 3 0 2
Elfyn Evans 2 1 1 1 1 2
Pierre-Louis Loubet 0 0 0 0 0 1
Teemu Suninen 0 0 0 1 1 0
Oliver Solbert 0 0 1 2 2 1
Sébastien Ogier 0 0 2 0 2 1
Takamoto Katsuta 0 0 0 0 1 0

CLASSIFICAÇÕES DOS “MUNDIAIS”

PILOTOS – 1.º, Kalle Rovampera, 39 pontos; 2.º Thierry Neuville, 35; 3.º, Sébastien Ogier, 31 pontos; 4.º, Elfyn Evans, 31; 5.º Ott Tanak, 27; 6.º, Craig Breen, 16; 7.º, Takamoto Katsuta, 16; 8.º, Dani Sordo, 11; 9.º, Andreas Mikkelsen, 6; 10.º, Oliver Solberg, 6; 11.º, Gus Greensmith, 6; 12.º, Teemu Suninen, 4; 13.º, Adrien Fourmaux, 2; 14.º, Eric Camilli, 1; 15.º, Esapekka Lappi, 1.

NAVEGADORES – 1.º, Jonne Halttunen, 39 pontos; 3.º Martijn Wydaeghe, 35; 3.º, Julien Ingrassia, 31; 4.º, Scott Martin, 31; 5.º, Martin Jarveoja, 27, 6.º, Paul Nagle, 16; 7.º, Daniel Barritt, 16; 8.º, Carlos Del Barrio, 11; 9.º, Ola Floene, 6; 10.º, Sebastian Marshal, 6; 11.º, Elliott Edmonson, 6; 12.º, Mikko Markkula, 4; 13.º, Renaud Jamoul, 2; 14.º, François-Xavier Buresi, 1; 15.º, Janne Ferm, 1

MARCAS – Toyota Gazoo Racing WRT, 88 pontos; 2.º, Hyundai Shell Mobis WRT, 77; 3.º, M-Sport Ford WRT, 24; 4.º, Hyundai 2C Competition, 22

Próxima prova – Croatia Rally, de 22 a 25 de Abril.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *