Fuchey “bate” Marques no Rally de Portugal Histórico

A dupla Phillippe Fuchey e Christophe Hayer, aos comandos de um Porsche 911 SC, alcançou Viseu na liderança do Rally de Portugal Histórico, “roubando” à dupla leiriense, Paulo Marques e João Martins (BMW 1600) a posição por escasso 9,5 segundos.

CARLOS SOUSA (carlos.sousa@autolook.pt) – Fotos: PAULO MARIA/ACP

Viseu acolheu a caravana do Rally de Portugal Histórico ao cabo da segunda etapa que ligou a Figueira da Foz à cidade de Viriato. A dupla franco-belga Phillippe Fuchey e Christophe Hayer, conduziu o Porsche 911 SC ao topo da classificação. Trata-se de uma curta vantagem de 9,5 segundos para a formação leiriense Paulo Marques e João Martins.

A dupla portuguesa do BMW 1600 até chegou a Arganil na liderança, conseguindo, inclusive, dilatar a vantagem que usufruía à partida da Figueira da Foz, mas a partir dai, com a estrada a beneficiar a “armada” Porsche, a equipa Phillippe Fuchey e Christophe Hayer não desperdiçou a oportunidade para atacar.

Com efeito, a experiente dupla franco-belga foi, sucessivamente angariando vantagem e, à chegada a Viseu, foi registada como a mais rápida, ocupando o primeiro lugar depôs de ter deixado a cidade da Claridade no sexto posto.

Apesar de ter perdido o comando por escassos 9,5 segundos para Phillipe Fuchey e Christophe Hayer, a dupla leiriense, Paulo Marques e João Martins, partem para a terceira etapa do Rally de Portugal Histórico disposta a recuperar a posição, embora não tenha a tarefa facilitada dado que, os Porsche, encontram-se em terrenos favoráveis.

Em grande destaque estiveram, também, as duplas lusitanas José Manuel Dias e Nuno Ricardo Rodrigues (Porsche 911 SC) em 10.º, Paulo Grosso e Susana Cordeiro (Porsche 911 de 1968), em 15°, José Carlos Ribeiro Cunha e Miguel Fernandes (BMW 2002 de 1972), em 23°, Carlos Brizido e João Sismeiro (Porsche 911 ST de 1970), em 28° e, a encerrar o top 30, Denis Salvi e António Caldeira (Porsche Carrera 3.2 de1985).

Esta quinta-feira vai para a estrada a terceira etapa que levará os concorrentes em direcção ao Norte, com passagem pelos habituais troços do Douro, contando com a incontornável visita a Lamego e à Rampa dos Remédios, mas para lá chegar os pilotos passarão ainda por locais como São Pedro do Sul (8h30). Já da parte da tarde, um dos locais de interesse para ver a prova do Automóvel Club de Portugal é Peso da Régua e Barragem de Bagaúste.

Partilhe

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificação