Fernando Peres com os pés “assentes na terra”

O piloto portuense está de “pedra e cal” nos ralis disputados em piso de terra e, à semelhança da temporada passada, o Mitsubishi Lancer Evo IV será a “arma” com que irá esgrimir argumentos no Campeonato Sul de Ralis, Desafio Kumho Terra e um ou outro extra…

CARLOS SOUSA (carlos.sousa@autolook.pt)

Fernando Peres e José Pedro Silva (Mitsubishi Lancer Evo IX)

O piloto/médico dentista Fernando Peres, que foi docente na Faculdade de Medicina Dentária da Universidade do Porto, dispensa apresentações, tanto no contexto profissional como no âmbito desportivo. O tricampeão nacional de ralis, que colecciona triunfos nos campeonatos nacionais e regionais, mantém intactas as suas linhas mestras, prosseguindo com serenidade as competições em pisos de terra.

A incursão no Campeonato Sul de Ralis, versão 2021, vai permanecer inalterável, embora este ano o número de provas apresente uma redução significativa. O Desafio Kumho Terra é outro capítulo que irá conservar, apresentando-se este domingo no Rali Vieira do Minho com os índices de ambição em alta. De acordo com a Peres Competições, «pelo meio haverá algumas surpresas que, a seu tempo, serão divulgadas».

Fernando Peres

Com o volante nas mãos da viatura da marca nipónica dos três diamantes e com o número 1 nas portas preparado pela Peres Competições, Fernando Peres, navegado por José Pedro Silva, não pretende deixar os seus créditos por mais alheias e assumir a legitimidade de lutar pelo triunfo na prova inaugural do Campeonato Norte de ralis.

O estilo de condução de Fernando Peres permanece intocável a arrebatar a paixão dos fãs e público em geral e, depois de um ano atípico no qual mais de metade das provas foram anuladas, o Mitsubishi Lancer Evo IX está pronto para o desafio deste domingo.

Depois de uma longa paragem devido à pandemia da Covid-19, levando muitos governos a tomarem medidas mais drásticas, como o decretar do estado de emergência – como foi o caso em Portugal –, o piloto/médico dentista não esbanjou a oportunidade de «agradecer a todos os patrocinadores e parceiros que, num período tão difícil, decidiram continuar a acreditar no nosso projecto». «Este domingo vamos estar em Vieira do Minho para competir nas bonitas e difíceis especiais da Cabreira», referiu Fernando Peres.

Refira-se que, este ano, o piloto da Peres Competições assinala o 30.º aniversário da primeira temporada completa no Campeonato Nacional de Ralis. Foi aos comandos de um Ford Sierra RS Cosworth 4×4 que, em 1991, “tomou de assalto” o Campeonato Nacional de Produção e festejar, com pompa e circunstância, o primeiro título nacional da categoria.

Para o Rali Vieira do Minho, à dupla Fernando Peres e José Pedro Silva é servida uma “ementa” dividida em duas especiais de classificação diferentes mas a percorrer por três vezes. Trata-se de Senhora da Fé (10,86 km) e Serradela/Anjos (10,39 km), totalizando assim 63,75 quilómetros contra o cronómetro. A partida está agendada para as 8h30 deste domingo, com o encerramento da prova prevista para as 18h00.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *