Porto incluído no “World’s Best Drives” da Mazda

Painel de especialistas elege as suas preferências nos mais diferentes tipos de cenários de condução, palcos para explorar na perfeição a dinâmica e o prazer de condução tão distinto dos automóveis Mazda. A cidade do Porto surge no grupo dos eleitos, lado a lado com outros locais icónicos do planeta, todos eles com características específicas.

(auto.look2010@gmail.com)

O prazer de condução é um elemento de série em todos os automóveis Mazda, um conteúdo cada vez mais intrínseco a cada veículo produzido com o selo da marca Hiroshima. Esse facto levou a que se juntasse um painel de especialistas, a quem se colocou a seguinte questão: Quais as estradas que consideram mais dignas das fantásticas driving machines da Mazda?

Composto por quatro nomes, o grupo integra Odiel Mennink, jurada da iniciativa “Women World Car of the Year” e fundadora da publicação online holandesa femmefrontaal.nl, focando-se na perspetiva feminina dos automóveis, ela que conduz, habitualmente, um Mazda MX-5 preto.

Segue-se Jack Baruth, jornalista automóvel há mais de 20 anos, sendo considerado um dos melhores da temática nos EUA. Também jornalista da área, mas de origem britânica, Dan Trent é conhecido por testar supercarros, veículos elétricos e SUV, fazendo-o, igualmente, há mais de duas décadas, ele que, em tempos, foi proprietário de um Mazda MX 5.

Fundador do portal detour-roadtrips.com, Nik Berg tem um especial apreço pelos modelos Mazda, algo que vem da sua juventude, ou não tivesse aprendido a conduzir no RX-7 do seu pai. Em conjunto, este grupo criou uma lista das melhores estradas que o mundo tem para oferecer, com a particularidade de que uma delas é… portuguesa!

MELHOR PERCURSO URBANO: PORTO (PORTUGAL)

Em números | Comprimento: 7,4 km; Tempo: 2 minutos e 27,53 segundos

Ao atravessarmos este património mundial de rara beleza é difícil acreditar que, noutras épocas, pilotos de Fórmula 1 costumavam acelerar através das suas ruas estreitas. Mas é um facto que o fizeram, nos anos de 1958 e de 1960.

«O Porto é uma das minhas cidades favoritas. É uma cidade onde não precisamos de nada, onde podemos, facilmente, deixar-nos desfrutar de dois ou três dias a vaguear pelas ruas antigas da zona da Ribeira», afirma Odiel Mennink.

Melhores modelos Mazda para explorar a cidade: Para desfrutar das melhores paisagens há que aproveitar a elevada posição de condução do elegante Mazda CX-5. Já o Mazda MX-30 EV, com sistema de carregamento rápido, mostra-se perfeito para explorar a cidade. Já o pequeno e enérgico Mazda2 foi projetado para um ambiente urbano de grande azáfama, sendo sempre divertido de conduzir. Outras recomendações: Monte-Carlo (Mónaco); Singapura (Singapura); Montreal (Canadá); Melbourne (Austrália).

MELHOR SUBIDA DE RAMPA: PIKES PEAK (EUA)

Em números | Comprimento: 19,6 km; Curvas: 156; Diferença de altitude: 1.438 m; Tempo (recorde): 7 minutos 57,148 segundos

Palco da corrida internacional anual de Pikes Peak, esta enorme montanha ascende 4.302 metros acima solo do Colorado, sendo que a viagem até ao seu cume leva cerca de uma hora a cumprir para um condutor mediano: «Se as vistas não te tirarem o fôlego, o ar rarefeito da montanha pode simplesmente fazê-lo», afirma Dan Trent.

Melhores modelos Mazda para subir a montanha: A agilidade, visibilidade e segurança do SUV CX-30 coloca-o no topo da lista para enfrentar esta cansativa subida. Curiosamente, também o Mazda MX-5, de tração traseira e baixo peso, já provou ser digno de um feito semelhante, depois de em 2017 ter terminado na 7.ª posição a Prescott Hillclimb, no Reino Unido, na categoria Até 2000 cc, tendo sido o veículo não modificado mais rápido a cumprir o traçado.

Outras recomendações: Hakone Turnpike (Japão); Mount Evans (EUA); Race to the Sky Cardrona Valley (Nova Zelândia).

MELHOR PASSAGEM

DE MONTANHA: IROHAZAKA (JAPÃO)

Em números | Inauguração: 1954, Diferença de altitude: 396 metros

Esculpidas nas montanhas da pequena cidade de Nikko, as 48 curvas da Estrada Sinuosa de Irohazaka compõem um dos passeios com mais curvas mais bonitos do mundo: «Durante séculos, as pessoas vinham a Irohazaka para uma experiência religiosa., mas presentemente são os crentes da arte do ‘drift’ que fazem essa peregrinação», refere Nik.

Melhores modelos Mazda para explorar estradas serpenteantes: O compacto e ágil Mazda3 será uma proposta ideal para explorar quaisquer curvas em gancho. Também o espevitado Mazda MX-5 é perfeito para conduzir numa estrada tortuosa, um modelo que, em 2019, estabeleceu um recorde mundial para o maior número de curvas feitas em 12 horas, nada menos do que 2.900!

Outras recomendações: Passo Dello Stelvio (Itália); Trollstigen (Noruega); Jebel Hafeet Street, (EAU); Furkapass (Suíça)

MELHOR PERCURSO COSTEIRO: ATLANTERHAVSVEGEN (NORUEGA)

Em números | Comprimento: 8,3 km; Pontes: 8; Largura: 6,4 metros: Gradiente máximo: 8%

Hoje imortalizado no mais recente filme de James Bond, “No Time To Die”, a Estrada do Atlântico faz a ligação entre uma sequência de ilhas de uma forma espetacular: «É uma mistura deslumbrante de paisagens naturais deslumbrantes e engenharia civil. Esta estrada prova que os humanos podem deixar a sua marca no mundo de uma forma simpática em termos de ambiente», comenta Dan Trent.

Melhores modelos Mazda para fazer um tour pela costa: A condução é uma experiência multissensorial no Mazda MX-5, por isso baixe a capota e absorva os raios de sol e o ar fresco do mar. Já a gama de modelos com assinatura CX da Mazda dar-lhe-á muito espaço para levar consigo tudo o que precisa para muita diversão à beira-mar.

Outras recomendações: Pacific Coast Highway (EUA); Chapman’s Peak (África do Sul); Causeway Coast, (Irlanda do Norte); Great Ocean Road (Austrália).

MELHOR PERCURSO CULTURAL: TARGA FLORIO (SICÍLIA)

Em números | Comprimento: 446 km; Primeira edição: 1906

Percorrer o traçado de uma das mais lendárias corridas do mundo, através da Sicília, é uma viagem que todos os entusiastas de automóveis deveriam fazer: «De 1955 a 1973, o Targa Florio contou para o Campeonato do Mundo de Carros Desportivos. Hoje também pode conduzir nesse “circuito”, rasgando a ilha da Sicília através das passagens sinuosas de montanha, atravessando restos de caminhos que fizeram parte dessa ilustre competição», acrescenta Odiel Mennink.

Melhores modelos Mazda para uma viagem cultural: Mergulhar no interior e exterior das aldeias e conduzir em redor dos campos e das colinas é ideal para o excelente Mazda CX-3, ou para o sofisticado estilo do Mazda3, em formato hatchback ou sedan, combinando capacidade de resposta, virtuosismo e impressionantes consumos inerentes à Skyactiv Technology, sublinhando essa digressão artística.

Outras recomendações: Franschhoek Pass (África do Sul); The Silo Art Trail (Austrália); Cabot Trail (Canadá).

MELHOR ROAD TRIP ÉPICA: ROUTE 66 (EUA)

Em números | Estados atravessados: 8; Fusos horários: 3; Data do comissionamento: 1926

Ligando a cidade de Chicago, no estado do Illinois, a Santa Monica, no estado da California, ao longo de mais de 4.000 km, surge a estrada mais famosa dos EUA: «Entender a Route 66 é entender a América ao longo dos últimos 100 anos. É um lugar sagrado, esculpido pelos automóveis pelas pessoas que a idolatram, pelos que necessitam dela ou pelos que simplesmente a toleram», refere Jack Barruth.

Melhores modelos Mazda para esta epic drive: Se for para a cumprir na totalidade, irá decerto apreciar o conforto e espaço proporcionado, a si e aos seus companheiros de viagem, pelo Mazda CX-5.

Outras recomendações: The North Coast 500 (Escócia); Hringvegur / Route 1 (Islândia); Trans-Canada Highway (Canadá); State Highway 1 (Nova Zelândia).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.