Editorial

Tempo de muitos desafios

Carlos Sousa

 

Autolook.pt assinala hoje, dia 4 de Dezembro, o segundo aniversário. Este ano, porém, a missão tem sido extremamente difícil, dada a adaptação ao desconhecido. O ano de 2020 está a ser extremamente desafiante para a equipa autolook.pt, tal como para o resto da economia e sociedade portuguesa.

2021 promete ser igualmente desafiante, mas deverá também ser o ano do momento de viragem na actual crise pandémica e económica. Assim o esperamos. Todos, sem excepção. É um desafio que vamos ter em mãos. Uma vez que não queremos perder o foco de um futuro promissor, hoje oferecemos aos nossos leitores uma publicação online, onde abordamos vários tipos de desafios que teremos pela frente.

Se por um lado, estão os desafios que decorrem do actual momento que o mundo atravessa, por outro estão desafios que já existiam antes da pandemia mas que nunca nos forçou a travar as pretensões. Continuamos a viver num mundo de incertezas e, por muito que possamos fazer uma análise ao actual momento do sector automóvel e motos, tanto ao nível desportivo, como no plano do comércio e industria, a crise pandémica e económica obrigam as sociedades a reverem as suas estratégias a encontrar novas formas de trabalhar.

A equipa autolook.pt tem pela frente um vasto trabalho de antevisão para as diferentes áreas de prática no próximo ano. É nosso propósito dar voz a um conjunto de pessoas sobre a prevenção rodoviária, bem como escutar os especialistas nacionais relativamente aos desafios

dos sectores para 2021, um ano em que se espera assistir a um ponto de viragem na crise provocada pela pandemia da Covid-19.

Nesta publicação online, a chave na ignição está pronta a ser accionada para compartilhar uma visão do potencial no que diz respeito ao mundo automóvel e motos, convidando o leitor a formar parte de uma história em andamento. Autolook.pt continua comprometido com o desenvolvimento sustentável, cujo pilar da nossa missão passa por vincar a paixão que nos move. Pretendemos manter a informação de referência, especializada em Comércio e Indústria, Desporto e Segurança Rodoviária, que respeite os direitos e deveres da liberdade de expressão e de informação.

Autolook.pt norteia-se por oferecer uma informação isenta dirigida ao grande público utilizador e interessado sobre tudo o que esteja relacionado com o fenómeno automóvel e motos nas suas mais diversas vertentes. Autolook.pt agradece a confiança e a preferência de todos os leitores, nos parceiros que investem em nós, reiterando o compromisso de continuar a procurar acompanhar estes importantes sectores com jornalismo de qualidade, independente e isento nas suas várias plataformas.

No contexto desportivo, o ano de 2020, além de outros sucessos, os pilotos Filipe Albuquerque, Miguel Oliveira e António Félix da Costa protagonizaram conquistas históricas, assim como o nosso país esteve no centro do mundo aquando do regresso da Fórmula 1 Heineken Grande Prémio de Portugal e Grande Prémio MEO de Portugal de MotoGP.

António Félix da Costa foi o primeiro piloto português a conquistar a Fórmula E. Depois foi Filipe Albuquerque a elevar e levar Portugal aos quatro cantos do mundo com os assombrosos triunfos no Mundial e Europeu de Resistência em LMP2, logrando ainda a vitória nas 24 Horas de Le Mans. Mais recentemente, o “Falcão” saiu de Almada para o Algarve e, de “asas” completamente abertas, “voou” literalmente para a vitória no Autódromo Internacional do Algarve. Na “Montanha Russa” de emoções fortes, o triunfo de Miguel Oliveira no Autódromo Internacional do Algarve, na prova que encerrou a temporada de MotoGP, encheu de orgulho os portugueses.

O ano de 2020, no entanto, começou praticamente com a morte do malogrado Paulo Gonçalves. O piloto de Esposende, que sempre se afirmou como anti-herói mas que “não deixava ninguém para trás”, não evitou uma aparatosa queda nas areias da Arábia Saudita quando disputava o Rali Dakar, com o país em lágrimas após a sua partida sem se despedir de quem quer que fosse. Este ano também partiu Nicha Cabral, tendo-se destacado como o primeiro piloto português a participar na Fórmula 1.

Em termos pessoais, 2020 tem sido um ano glorificante. O jornalismo não é uma ciência exacta, nem tão pouco o jornalista é motivo de notícia. As notícias, por si só, não têm hora marcada e o nosso jornalismo também não, assim como a nacionalidade representa muito mais do que o direito a um cartão de cidadão.

Foi com muito agrado e regozijo que, no início de 2020, a Federação Portuguesa de Automobilismo e karting (FPAK) entendeu premiar-me com o galardão “Distinção” no decorrer da cerimónia anual da Gala de Entrega de Prémios FPAK 2019, que teve lugar no Teatro José Lúcio da Silva, em Leiria.

Cerca de duas semanas depois, vive outro momento de enorme significado que teve lugar no Teatro Municipal da Guarda, com o Clube Escape Livre a nomear-me sócio honorário no decorrer da 22.ª edição da Gala SPAL, com o Alto Patrocínio da Câmara Municipal da Guarda.

Em finais de Setembro fui obsequiado com um troféu da Promolafões pela “contribuição e dedicação que marcaram os últimos anos no Constálica Rallye Vouzela”. Sob o mote “Juntos fazemos história nos rallyes de Portugal”, o galardão de reconhecimento foi entregue por José Correia, administrador da entidade promotora da prova do Gondomar Automóvel Sport.

Já no pretérito mês, recebi das mãos de Vítor Ribeiro, mentor administrador da Bicas Custom Wood, o Circuito do Estoril, uma obra-prima, um processo que envolve criatividade e força humana para transformar um bocado de madeira num circuito que foi desenhado para proporcionar bons momentos de muita alegria.

2021 está à porta. Vamos continuar, pelo menos para já, nos trilhos da digitalização. Vivemos tempos de muitos desafios e, também de oportunidades. A Internet é, pelo menos para já, o caminho que traçámos para evidenciar a nossa paixão pelo mundo motorizado, procurando, em tempo real, informar os nossos leitores. É esse o desígnio da equipa autolook.pt.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *