Razão para o silêncio em torno de Schumacher

Revelação de porta-voz da família revelou as razões para o secretismo em torno do piloto alemão.

(auto.look2010@gmail.com)

Michael Schumacher

Em coma desde 2013, as informações sobre o estado do heptacampeão mundial de Fórmula 1 têm sido escassas. Ora, o jornal inglês “Mirror” explicou as razões para todo esse silêncio em torno do piloto alemão.

A referida publicação revelou agora que teve acesso a umas declarações do porta-voz do casal Schumacher, em 2016, em que Sabine Kehm explica o porquê do silêncio em torno da lenda do automobilismo.

«De uma forma geral, a imprensa nunca teve grande acesso à vida privada do Michael e da Corinna. Quando ele estava na Suíça era óbvio que ele não queria ser incomodado. Uma vez disse-me: “não precisas de me telefonar no próximo ano, vou desaparecer”. Acho que poder desaparecer era o seu sonho secreto. É por isso que eu faço de tudo para que os seus desejos sejam cumpridos», explicou.

Recorde-se que em 2013 Michael Schumacher sofreu um grave acidente enquanto praticava esqui. Desde essa altura, o piloto encontra-se em coma.

 

“SCHUMACHER CONSEGUE SENTIR AS PESSOAS”

 

Michael Schumacher

O arcebispo alemão Georg Gänswein relatou uma visita que fez, em 2016, ao compatriota Michael Schumacher, heptacampeão da Fórmula 1. Em entrevista à revista alemã Bunte publicada esta quarta-feira, o arcebispo não falou sobre o actual estado de saúde do piloto, que sofreu o grave acidente, mas revelou que Michael Schumacher «consegue sentir as pessoas ao redor dele».

«Sentei na frente dele, segurei as duas mãos e olhei para ele. Seu rosto é, como todos sabemos, o típico rosto de Michael Schumacher, só está um pouco mais cheio. Ele sente que pessoas amorosas estão ao seu redor, cuidando dele e, graças a Deus, afastando o público curioso demais. Uma pessoa doente precisa de discrição e compreensão», contou.

Georg Gänswein, que até hoje mantém contacto com Corinna Schumacher, mulher do piloto, também disse que não revela o estado de saúde de Schumacher em respeito à família. Segundo o arcebispo, a família do piloto é «tudo que ele precisa» no momento.

«A sua esposa é a alma da família, que é o ninho protector que Michael precisa absolutamente», finalizou.

Partilhe

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificação