João Dias e Pedro Carvalho dominam nos SSV

A sessão de treinos livres e cronometrados para as 4 Horas SSV Vila de Fronteira que se realizam este sábado de manhã, ficou marcada pela forma como os Can-Am ditaram as leis.

(auto.look2010@gmail.com) – Fotos: PAULO MARIA / INTERSLIDE

Luís Miguel Cidade e Miguel Farrajota

Três modelos da marca Can-Am obtiveram os melhores tempos, com destaque para a dupla João Dias e Pedro Carvalho que, com o tempo de 9m44,192s, garantiu a “pole-position” para a prova.

A marca estabelecida por esta equipa é a melhor alguma vez realizada por este tipo de modelos no Terródromo de Fronteira. Para isso poderá, também, ter contribuído a modificação do percurso perto de uma passagem pela ribeira.

No sentido de melhorar a segurança de equipas e espectadores, a zona alterada ficou mais rápida e foi com naturalidade que Dias e Carvalho se impuseram face ao melhor tempo alguma vez realizado por um SSV em Fronteira.

«Os treinos correram bem mesmo que tenhamos feito uma escolha de pneus errada, o que nos fez perder algum tempo», explicou João Dias no final da sessão.

Nos treinos livres e cronometrados destaque, ainda, para a dupla Luís Miguel Cidade e Miguel Farrajota, que vai partir de segundo. Miguel Farrajota, piloto que venceu as duas primeiras edições da prova dos automóveis, com 24 horas de duração, vai partir de uma posição que lhe permite ambicionar por novo triunfo, desta feita nos SSV.

Pedro Santinho Mendes

«O melhor tempo foi do Luís Cidade, mas vamos ver como corre amanhã. É lógico que, vencer nos automóveis como o fiz por duas vezes agora arrancar nos lugares da frente, há uma grande probabilidade de uma pessoa ganhar. Mas é muito complicado. Não é fácil. Se o conseguir fazer, fico muito satisfeito», afirmou Miguel Farrajota que se pode tornar no primeiro piloto a vencer em automóveis e em SSV.

Em terceiro ficou Pedro Santinho Mendes. O piloto que carrega o apelido forte da história do automobilismo português ficou a 8,602s de Dias e Carvalho. O ritmo e a competitividade desta prova são tais que o quarto mais rápido, Nuno Madeira, realizou exactamente o mesmo tempo.

O melhor não Can-Am surge apenas no sétimo lugar. Foi o Yamaha YXZ1000 dos irmãos Teo e Roberto Viñaras. A formação espanhola cedeu quase 11 segundos para os mais rápidos. Os SSV regressam à pista para a prova de quatro horas que se realiza, sábado de manhã, entre as 8h00 e as 12h00.

Partilhe

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificação