Armindo Araújo orgulhoso pelos cinco títulos de ralis

Tirsense amealhou o quinto título nacional de ralis com vitórias no Rali Casinos do Algarve, Rali de Mortágua, Vodafone Rali de Portugal e Rali Vidreiro – Centro de Portugal. O Rali de Mortágua foi importante porque abriu a “porta” para enchera a mão de ceptros.

(auto.look2010@gmail.com)

Armindo Araújo e Luís Ramalho em festa

Armindo Araújo tornou-se o primeiro a conquistar o campeonato nacional de ralis por cinco vezes e, depois de cinco anos longe dos troços, assumiu que este título teve um sabor especial.

«Não compito para bater recordes, mas é sempre especial saber que alcançámos uma marca única em Portugal. É um orgulho e um reconhecimento do trabalho de todos estes anos», disse o piloto da Hyundai Portugal Motorsport. À chegada ao Rali Casinos do Algarve, Armindo Araújo tinha o conforto de não precisar de vencer para festejar o título, mas acabou por triunfar na derradeira prova do nacional.

«Foi um fim-de-semana fantástico e o culminar de um ano longo, de muito trabalho, de muita dedicação, mas também de um enorme prazer», resumiu o piloto, que no seu ano de regresso conseguiu colocar o Hyundai i20 R5 por quatro vezes no lugar mais alto do pódio.

O piloto de Santo Tirso frisa que «desde o início o objectivo era ser campeão» e que uma das etapas decisiva na época foi o Rali de Mortágua, onde conseguiu a primeira vitória.

«O Rali de Mortágua foi importante. Ao vencer saltámos para a liderança do campeonato e demonstrámos que podíamos vencer provas do nacional. Ao longo do ano fomos inteligentes na gestão do campeonato e conseguimos chegar à última prova na liderança. Vencemos e atingimos todos os objectivos do ano. Estou orgulhoso e tenho um sentimento de dever cumprido», afirma o piloto, que admite que chegou a ponderar não correr mais devido à ausência de «um projecto vencedor».

«Tenho o princípio de que, para fazer algo, ou se faz bem ou não se faz. Quando não conseguimos reunir as condições para ter um projecto vencedor talvez seja melhor não continuar. E cheguei a pensar nisso», disse, ainda sem certezas quanto ao próximo ano, mas com vontade de aumentar o seu palmarés.

«Não temos nada definido com a Hyundai, mas há vontade de continuar de ambas as partes. Eu tenho muita vontade de continuar, mas há que limar algumas arestas, trazer alguns novos parceiros, pois os adversários são cada vez mais fortes e temos de ter argumentos para podermos lutar por outra vitória», salientou o novo campeão nacional de ralis.

Armindo Araújo sagrou-se cinco vezes campeão nacional de ralis com vitórias no Rali do Algarve, em Mortágua, no Rali Vodafone de Portugal e no Rali Vidreiro, num ano de regresso, após cinco anos de ausência, recuperando o título 12 anos depois da sua última conquista (2006).

Com este título, Armindo Araújo torna-se o piloto com mais títulos de campeão português de ralis, ultrapassando Carlos Bica e Joaquim Santos, ambos com quatro. O piloto de Santo Tirso ostenta ainda no palmarés o título de campeão Mundial de Grupo N (Produção).

Partilhe

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificação