Autoeuropa sem motores pára 11 dias

Fábrica de automóveis de Palmela vai efectuar várias paragens de produção, a primeira das quais já no próximo domingo, devido à falta de motores a gasolina, e entre o Natal e início do ano, revelou fonte oficial da empresa.

(auto.look2010@gmail.com)

A Autoeuropa vai suspender a produção nos dois turnos do próximo domingo, a que se seguirá uma outra paragem, mais prolongada, de 22 de Dezembro a 4 de Janeiro de 2019. De acordo com a informação disponibilizada pela Autoeuropa, no dia 22 de Dezembro, depois do turno da manhã, a produção na fábrica de automóveis de Palmela será interrompida, prevendo-se que a laboração normal seja retomada no turno da noite do dia 4 de Janeiro.

A Autoeuropa adianta que as referidas paragens de produção se devem à dificuldade de alguns fornecedores em responderem a um maior volume de encomendas de motores a gasolina, situação que afecta várias fábricas do grupo Volkswagen e não apenas a fábrica de Palmela.

A nova linha única de produção recentemente instalada na fábrica de Palmela da Autoeuropa, 2 de junho de 2010. MIGUEL A. LOPES/LUSA

A empresa esclarece ainda que, ao contrário do noticiado por alguns órgãos de comunicação social, estas paragens de produção não têm a ver com eventuais boicotes dos estivadores alemães em solidariedade com os estivadores do Porto de Setúbal, uma vez que os motores são transportados para a fábrica por via rodoviária.

Na quinta-feira da semana passada a Autoeuropa também foi forçada a fazer uma paragem no turno da noite devido a uma ruptura de “stocks”, neste caso devido a atrasos no fornecimento de alguns componentes, que ficaram temporariamente retidos no bloqueio de estradas efectuado pelos denominados “coletes amarelos”, que lutam contra o aumento de impostos sobre os combustíveis em França.

Partilhe

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificação