Família mais vigorosa das 24 Horas de Fronteira

Em 21 edições, a família Andrade já logrou o triunfo por seis vezes, numa história de sucesso que remonta a 2004.

(auto.look2010@gmaill.com) – Fotos: JOÃO DA FRANCA / INTERSLIDE

A edição de 2018 das AFN 24 Horas TT Vila de Fronteira enriqueceu a sala dos troféus da família Andrade. Em conjunto, já são seis vitórias que pai e filho celebraram. Umas vezes a fazerem parte da mesma equipa, outras a partilharem a pilotagem do automóvel com outros pilotos, certo é que esta família de portugueses que se radicou em França é a grande dominadora da maratona de resistência que nasceu no ido ano de 1998.

Em 21 edições, a família Andrade venceu seis. A história de sucesso remonta a 2004. Nessa altura, a prova permitiu, através do regulamento, que os protótipos construídos maioritariamente em França para este tipo de corridas competisse em Fronteira. Carros de TT construídos a pensar nas particularidades de uma prova em circuito, em vez das tradicionais baja, cedo mostraram a sua competitividade. Nesse mesmo ano, Mário e Alexandre, pai e filho, juntamente com Gerard Moncé e Stéphane Barbry concluíram a sua participação com a vitória. Na altura, o carro utilizado era um Moncé Renault Clio.

A partir daí, os triunfos sucederam-se. Em 2007 e em 2009, pai e filho voltaram a subir ao lugar mais alto do pódio. Em 2011 só Mário Andrade, numa equipa com Cédric Duplé, Carlos Sousa e Francisco Pita, foi bem-sucedido. Foram necessários cinco anos para o filho Alexandre responder na mesma moeda. em 2016, foi o elemento mais novo a vencer. O mesmo aconteceu em 2018. Esta dupla soma, entre vitórias em conjunto e separados, nove vitórias no total.

Partilhe

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificação