Albon será o segundo piloto da Toro Rosso

Tailandês vai ser o segundo piloto da escuderia Toro Rosso para a temporada de 2019 na Fórmula 1, anunciou a equipa em comunicado.

(auto.look2010@gmail.com)

Alexander Albon na Toro Rosso

O piloto tailandês Alexander Albon, mas de origem britânica, chega à categoria principal do automobilismo mundial depois de uma época em que discutiu o título de Fórmula 2 até à derradeira prova, disputada no fim-de-semana em Abu Dhabi, tendo perdido o campeonato para o britânico George Russell (será piloto da Williams).

«Fez uma temporada impressionante na Fórmula 2, ganhando duas corridas e terminando em segundo da classificação geral», enalteceu o director da formação italiana, o austríaco Franz Tost.

Alexander Albon tem 22 anos e vai substituir o neozelandês Brendon Hartley, devendo fazer dupla com o russo Daniil Kvyat, que regressa em 2019 à Toro Rosso. Apesar de ter nascido em Londres, Alexander Albon corre sob bandeira tailandesa.

Alexander Albon

«É incrível saber que vou estar na Fórmula 1 na próxima temporada. Trabalhei muito e tentei impressionar sempre que pude», sublinhou Alexander Albon, que já fez parte da Red Bull Junior Team em 2012 e que era apontado à Fórmula E, na qual corre o português António Félix da Costa.

Será o primeiro tailandês a correr na Fórmula 1 desde o príncipe Birabongse, entre 1950 e 1954, que correu pela Maseratti, pela qual somou oito pontos.

«Sempre fui louco pelos desportos motorizados e, desde que entrei num carro, o meu objectivo era chegar à Fórmula 1», confessou Alexander Albon, citado pelo comunicado da equipa.

Partilhe

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificação