Pedro “Barbaças” no comando técnico da Yamaha

“Armada” japonesa Yamaha está pronta para entrar no Dakar com a nova versão WR450F Rally, fortemente preparada e supervisionada pelo experiente técnico conimbricense.

Texto: CARLOS SOUSA (carlos.sousa@autolook.pt)

É de Coimbra o manager técnico da equipa oficial Yamalube Yamaha Rally que, a partir desta segunda-feira, vai estar a atento a todas as movimentações da última versão da WR450F Rally com que Adrien Van Beveren, Xavier de Soultrait, Franco Caimi e Rodney Faggotter vão usar para travar a progressão vencedora da austríaca KTM.

Pedro Almeida “Barbaças” tem por missão apetrechar a “armada” que integra a Yamalube Yamaha Rally no icónico Rali Dakar, que já vai na sua 41.ª edição – a décima em território sul-americano e o primeiro disputado num só país. Com uma configuração de motor revisada para um maior desempenho e uma configuração de suspensão actualizada, a nova versão da máquina de rallly está preparada para enfrentar duas semanas de corridas exigentes nas areias e dunas do Peru.

A ambição para chegar ao triunfo na mítica prova é por demais evidente. A equipa da marca japonesa tem trabalhado arduamente nos últimos meses e Pedro Almeida “Barbaças” respondido cabalmente para que nada falhe. Tido tem sido passado a “pente fino”. O experiente técnico de Coimbra tem desempenhado um papel crucial para que os pilotos da equipa desenvolvam uma corrida extremamente consistente rumo ao sucesso.

Liderando os reforços da equipa por mais uma temporada e uma das revelações do Dakar de 2018 dá-se pelo nome de Adrien Van Beveren. O ano passado abandonou na sequência de uma queda bastante aparatosa quando liderava com uma vantagem considerável, mas este ano está de volta ainda mais forte e pronto para mostrar o que é capaz de fazer no Peru.

Pedro Almeida “Barbaças” e a equipa técnica que lidera dotou as Yamaha WR450F Rally como se de um relógio suíço se tratasse para que o desempenho de Adrien Van Beveren, Xavier de Soultrait, Franco Caimi e Rodney Faggotter seja profícua a partir desta segunda-feira, com partida em Lima.

Trata-se de mais uma aventura da equipa oficial Yamalube Yamaha Rally que terá pela frente 5 mil quilómetros nas dunas do país sul-americano. A corrida é servida por 10 etapas, muito exigentes, e todos os participantes regressam à capital peruana para a grande final, a 17 de Janeiro.

À semelhança dos pilotos de serviço, também Pedro Almeida “Barbaças” está 100% preparado para mais um desafio de enorme carga emocional, se atendermos, sobretudo, que a Yamalube Yamaha Rally aposta claramente em cortar, de forma umbilical, com o ciclo vitorioso da KTM, que nas últimas 17 participações tem logrado o triunfo.

Partilhe

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificação