GNR “trava” fim-de-semana “vertiginoso”

No referido período, a força militar detectou 1.280 infracções, numa operação que montada de Norte a Sul do país, além de deter 118 pessoas em flagrante delito.

(auto.look2010@gmail.com)

Militares da GNR em operação nas estradas nacionais

A Guarda Nacional Republicana (GNR) detectou, este fim-de-semana, cerca de 400 condutores em excesso de velocidade, na sequência de um conjunto de operações levado a cabo em todo o território nacional, que visaram a prevenção e combate à criminalidade violenta, fiscalização rodoviária, entre outras.

Nesta operação de dois dias, a GNR detectou 1.280 infracções, destacando-se 397 excessos de velocidade, 144 por condução com taxa de álcool no sangue superior ao permitido por lei, 94 por falta de inspecção periódica obrigatória, 30 por uso indevido do telemóvel no exercício da condução, 29 por falta ou incorrecta utilização do cinto de segurança e/ou sistema de retenção para crianças, 29 por falta de seguro de responsabilidade civil e 25 relacionadas com tacógrafos.

A força de segurança nacional deteve 118 pessoas em flagrante delito, destacando-se 71 por condução sob o efeito do álcool, 11 por condução sem habilitação legal, 9 por tráfico de estupefacientes, 6 por furtos, 1 por posse de arma proibida, 1 por falsificação de documentos, 1 por ofensas à integridade física e 1 por posse de arma proibida.

Partilhe

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificação