Pedro Almeida distribuiu cabazes pelos necessitados

Jovem piloto esteve envolvido numa acção de solidariedade na Legião da Boa Vontade, no Porto, onde distribuiu cabazes pelos mais necessitados com Alex Telles, Cláudia Jaques, Aparecido Real e Gabriel Oliveira.

(auto.look2010@gmail.com)

Pedro Almeida oferece cabaz de Natal a senhora

«De coração cheio e feliz por ajudar a que muitas famílias vivam um Natal melhor». Foi desta forma que o piloto de Famalicão, Pedro Almeida, se sentiu na Legião da Boa Vontade, no Porto, onde na tarde desta quinta-feira, juntamente com o futebolista do FC Porto, Alex Telles, a relações públicas Cláudia Jaques e os modelos Aparecido Real e Gabriel Oliveira, para entregar brinquedos e um cabaz de Natal a cerca de 300 famílias da cidade, referenciadas pela instituição.

A Legião da Boa Vontade é uma instituição com mais de 30 anos a actuar em Portugal, que todos os dias presta apoio a famílias carenciadas por todo o país. Pedro Almeida referiu a satisfação por puder ajudar nesta acção desenvolvida no Porto.

«A nós, desportistas, que muitas vezes assumimos algum protagonismo mediático, cabe-nos estar na linha da frente da mobilização da sociedade para iniciativas como estas, e é por isso que aqui vim. É um prazer enorme ver o sorriso de cada um que connosco aqui esteve», referiu o jovem famalicense.

O piloto deixou ainda o apelo para que as pessoas ajudem sempre que possível as causas sociais como a da Legião da Boa Vontade: «Fazem diariamente um grande trabalho e, no último mês, com recolha de alimentos, com o trabalho voluntário de muita gente, conseguiram reunir mais de 800 cabazes e brinquedos que nós aqui entregamos. É este espirito solidário, de que fomos apenas o rosto, nos deve mover neste natal», concluiu o piloto.

ALEX TELLES IMBUÍDO NO ESPÍRITO DE NATAL

Alex Telles, lateral esquerdo do FC Porto na acção de solidariedade

Também o futebolista do FC Porto Alex Telles esteve na acção de solidariedade na Legião da Boa Vontade. Além de distribuir cabazes pelos mais necessitados, garantiu que o seu desejo «são os bons resultados da equipa».

O atleta salientou ainda a importância de «figuras públicas» participarem neste tipo de acções e em como pretende ser um exemplo para todos: «Não somos só exemplo como atletas, devemos sê-lo também como pessoas. A vida mostra-nos o quão difícil é o quotidiano, quanto tristeza existe. O desporto tem o lado bom por poder ajudar. Quem não me conhece não sabe, mas desde o Brasil que faço este tipo de solidariedade, já vem de família. Aqui é onde me sinto mais à vontade depois do futebol», disse o jogador antes de entregar os cabazes. Alex Telles reforçou ainda que «no campeonato da solidariedade a disputa é sadia, todos estão lado a lado e estender a mão ao próximo».

Ainda imbuído no espírito de Natal, foi questionado a Alex Telles se o seu desejo de criança se realizou, uma questão que o jogador não hesitou em responder: «Sim, de ser uma boa pessoa, um ser humano que pensa no próximo. Profissionalmente, também queria ser jogador e chegar a um grande nível e a um grande clube. Não posso reclamar de nada. Estou muito feliz».

Partilhe

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificação