José Barros: melhor português nos Mundiais Rotax

Portugal fez-se representar por seis pilotos no Brasil com resultados distintos, com alguns problemas a condicionarem a prestação de cada um deles

(auto.look2010@gmail.com)

As Finais Mundias Rotax realizaram-se este ano no Brasil, em que mais de 360 pilotos, oriundos de 55 países, lutaram pelo título. Portugal esteve representado por seis pilotos: José Barros (categoria Mini Max), Guilherme Oliveira (Júnior), Gonçalo Coutinho (Sénior), Mariano Pires e Pedro Pinto (DD2) e Rui Pereira (DD2 Masters).

Os resultados foram distintos, com alguns problemas a condicionarem a prestação de cada um deles. Excepção feita a José Barros que, na estreia em provas internacionais, arrecadou um brilhante e honroso 13.º lugar.

Mariano Pires na DD2 ficou-se pelo 24.º lugar enquanto Pedro Pinto na mesma categoria não conseguiu chegar à corrida final. Guilherme Oliveira na Júnior foi 30.º. Já Gonçalo Coutinho abandonou na final da Sénior por ter sido abalroado, e Rui Pereira, devido a problemas mecânicos, não conseguiu o apuramento para a final.

Apesar dos resultados não espelharem as capacidades dos pilotos portugueses fica a satisfação de se saber que deram sempre o seu melhor.

Partilhe

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificação