João Ramos e Armindo Araújo trocaram de viaturas

Os dois campeões nacionais foram mais longe neste singular desafio, competindo um contra o outro com os seus veículos de competição.

CARLOS SOUSA (carlos.sousa@autolook.pt)

Toyota Hilux V8 e Hyundai i20 R5

Os pilotos Armindo Araújo e João Ramos trocaram de lugares e experiências no Kartódromo de Baltar, em Paredes. O tirsense cedeu o seu lugar no Hyundai i20 R5 ao campeão nacional de todo-o-terreno e, o gaiense, separou-se do Toyota Hilux V8 e colocou-o nas mãos do campeão nacional de ralis.

Os dois pilotos, que se fizeram acompanhar dos respectivos navegadores, nomeadamente Luís Ramalho e Vítor de Jesus, foram mais longe neste singular desafio, competindo um contra o outro com os seus veículos de competição.

Armindo Araújo tomou a iniciativa de colocar João Ramos no banco do lado direito do carro da marca sul-coreana. O motivo foi dar a conhecer ao piloto de Vila Nova de Gaia como é rápido e consistente o Hyundai i20 R5. Tudo foi desvendado ao pormenor e, João Ramos, como um aluno bem disciplinado, anotou ponto por ponto as indicações na reminiscência.

Armindo Araújo, João Ramos, Luís Ramalho e Vítor de Jesus

Com o “livro” das “instruções” completamente aberto, João Ramos, como que um discípulo das novas oportunidades, passou num ápice de “aluno” a “professor”. Com Armindo Araújo agora sentado no banco da “sabedoria”, o campeão nacional de todo-o-terreno, longe de querer mandar poeira para os olhos do mago dos ralis, partiu para as aventuras e peripécias ao volante do nipónico Toyota Hilux V8 mas com um convidado de peso ao seu lado.

Estava dado o mote para “trocas e baldrocas”. A assistir a estas “lições” estavam, tranquilamente, Luís Ramalho e Vítor de Jesus, dois navegadores de referência mundial e que já coadjuvaram a escrever centenas de páginas douradas ao lado de gente famosa do volante.

Armindo Araújo arregaçou as mangas e tomou o pulso nas “altura” do Toyota Hilux V8, levando consigo o campeão nacional de todo-o-terreno. Depois foi a vez de João Ramos fazer-se ao caminho, mas desta vez em modo de “voo rasante” com o Hyundai i20 R5 e levando ao lado o campeão nacional de ralis.

Tratou-se de uma experiência vivida com muito entusiasmo e destreza a partir do interior do cockpit nas duas viaturas rotuladas de campeãs, com Armindo Araújo e João Ramos a notarem que o “exame” foi fantástico ao volante de dois modelos completamente opostos, se bem que a grande diferença resida no peso e centro de gravidade. A acção proporcionou ainda aos dois pilotos esgrimirem argumentos, um contra o outro, com as suas próprias “armas” em pleno traçado de Baltar, aproveitando o piso de asfalto e terra para movimentos deliciosos.

Ansiosos por dar também uma voltinha estavam Luís Ramalho e Vítor de Jesus. Não é que estes navegadores de eleição e também campeões nacionais em título não tenham a noção da emoção e adrenalina, mas o “bichinho” move-se e há que o “alimentar”.

A festa ficou concluída quando Luís Ramalho, navegador de Armindo Araújo, subiu ao andar superior do Toyota Hilux V8 para rodar ao lado de João Ramos. Já o tomarense Vítor de Jesus, habitual navegador de João Ramos, assentou arraiais no rés-do-chão do Hyundai i20 R5 ao lado do piloto tirsense.

Este encontro de campeões partiu da iniciativa dos pilotos de Vila Nova de Gaia e Santo Tirso. O traçado de Baltar foi o local escolhido para esta grande festa que privilegiou, ainda, uma tarde apoteótica dos admiradores de ambas as equipas campeãs nacionais. Em final de temporada, esta iniciativa, além de proporcionar momentos apoteóticos, permitiu aos dois campeões nacionais nortenhos colocar um ponto final competitivo no ano de 2018, supervisionados pelos respectivos navegadores.

Partilhe

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificação