Dani Sordo atrasa-se na especial de Mortágua

Nada mudou na frente, apenas a vantagem de Kalle Rovanpera sobre Dani Sordo, com este último a claudicar num cruzamento e a ceder segundos importantes para o finlandês, com Esapekka Lappi a rodar em terceiro da classificação geral.

PEDRO RORIZ E CARLOS SOUSA (carlos.sousa@autolook.pt)

Ao falhar um cruzamento, o espanhol Dani Sordo (Hyundai i20 N Rally1) perdeu 11,3 segundos para o finlandês Kalle Rovanpera (Toyota GR Yaris Rally1), que foi batido, na especial, pelo compatriota Esapekka Lappi (Hyundai i20 N Rally2), por 0,4 segundos. Porém, o piloto Kalle Rovanpera viu a sua vantagem sobre o piloto da marca-sul-coreana subir para 14,2 segundos antes da super.especial da Figueira da Foz.

Pelo caminho ficou o inglês Elfyn Evans (Toyota GR Yaris Rally1), que não evitou uma saída de estrada, depois de um dia em que foi fortemente penalizado por ser o primeiro a entrar em acção, como o demonstra o facto de só por duas vezes ter sido um dos seis mais rápidos em especiais, entre os oito WRC que iniciaram a prova.

Graças ao triunfo na especial, Esapekka Lappi subiu ao terceiro lugar da geral com escasso 0,5 segundos de avanço sobre o francês Pierre-Louis Loubet (Ford Puma Rally1), que está a fazer uma excelente prova e foi o primeiro comandante do rali, enquanto o belga Thierry Neuville (Hyundai i20 N Rally2) perdia duas posições.

Em relação aos RC2, o sueco Olvier Solberg (Skoda Fabia RS Rallly2) conserva o comando com quase um minuto de avanço sobre o inglês Gus Greensmith (Skoda Fabia RS Rally2), com o inglês Yohan Rossel (Citroën C3 Rally2), que comanda o campeonato, a completar o pódio, apesar dos quatro minutos de penalização (40” em termos de classificação), na entrada de Mortágua.

Com Mortágua a funcionar como “Power Stage” para o Campeonato de Portugal, Miguel Correia (Skoda Fabia Rally2) arrecadou os três pontos do primeiro lugar, à frente de Bernardo Sousa (Citroën C3 Rally2) e de Armindo Aráujo (Skoda Fabia Rally2 Evo), o que lhe permite minimizar os pontos perdidos, com o furo sofrido na segunda passagem por Arganil, que o impediu de garantir o triunfo a nível nacional.

7.ª PC – Mortágua (18,15 km) – 1.º, Esapekka Lappi/Janne Ferm (Hyundai i20 N Rally1), 11’56,7”; 2.º, Kalle Rovampera/Jonne Halttunen (Toyota GR Yaris Rally1), 11’57,1”; 3.º, Ott Tanak/Martin Jarveoja (Ford Puma Rally1), 12’01,3”; 4.º, Pierre-Louis Loubet/Nicolas Gilsoul (Ford Puma Rally1), 12’05,3”; 5.º, Thierry Neuville/Martijn Wydaeghe (Hyundai i20 N Rally2), 12’08,1”; 6.º, Dani Sordo/Candido Carrera (Hyundai i20 N Rally1), 12’08,4”; 7.º, Andreas Mikkelsen/Torstein Eriksen (Skoda Fabia RS Rally2), 12’21,8” (1.º RC2); 8.º, Oliver Solberg/Elliott Edmondson (Skoda Fabia RS Rally2), 12’26,1”; 9.º, Gus Greensmith/Jonas Andersson (Skoda Fabia RS Rally2), 12’28,2”; 10.º, Adrien Fourmaux/Alexandre Coria (Ford Fiesta Rally2), 12’34,4”; …; 18.º, Miguel Correia/Jorge Eduardo Carvalho (Skoda Fabia Rally2 Evo), 12’55,3”; 19.º, Bernardo Sousa/José Janela (Citroën C3 Rally2), 12’56,3”; 20.º, Armindo Araújo/Luís Ramalho (Skoda Fabia Rally2 Evo), 13’01,7”; …; 22.º, Pedro Almeida/Mário Castro (Skoda Fabia Rally2 Evo), 13’02,5”; …;

32.º, Lucas Simões/Nuno Almeida (Ford Fiesta Rally2), 14’09,1”

Geral após sete especiais – 1.º, Kalle Rovampera/Jonne Halttunen (Toyota GR Yaris Rally1), 1.19’54,5”; 2.º, Dani Sordo/Candido Carrera (Hyundai i20 N Rally1), a 14,2”; 3.º, Esapekka Lappi/Janne Ferm (Hyundai i20 N Rally1), a 27,9”; 4.º, Pierre-Louis Loubet/Nicolas Gilsoul (Ford Puma Rally1), a 28,4”; 5.º, Thierry Neuville/Martijn Wydaeghe (Hyundai i20 N Rally2), a 28,7”; 6.º, Ott Tanak/Martin Jarveoja (Ford Puma Rally1), a 1’07,4”; 7.º, Oliver Solberg/Elliott Edmondson (Skoda Fabia RS Rally2), a 3’42,8” (1.º RC2); 8.º, Gus Greensmith/Jonas Andersson (Skoda Fabia RS Rally2), a 4’36,6”; 9.º, Yohan Rossel/Arnaud Dunand (Citroën C3 Rally2) a 4’45,4”; 10.º, Andrea Mikkelsen/Torstein Eriksen (Skoda Fabia Rally2 Evo), a 5’26,9”; …; 18.º, Armindo Araújo/Luís Ramalho (Skoda Fabia Rally2 Evo), a 8’15,8”;19.º, Miguel Correia/Jorge Eduardo Carvalho (Skoda Fabia Rally2 Evo), a 8’29,6”; …; 21.º, Bernardo Sousa/José Janela (Citroën C3 Rally2), a 9’12,9”; 22.º, Pedro Almeida/Mário Castro (Skoda Fabia Rally2 Evo), a 9’18,6”; 29.º, Lucas Simões/Nuno Almeida (Ford Fiesta Rally2), a 11’39,1”.

Partilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *