WTCR com arranque da temporada em Pau

A Taça do Mundo de Carros de Turismo (WTCR) arranca este fim-de-semana, em Pau, com uma jornada dupla em França, com o circuito internacional de Vila Real a regressar e Tiago Monteiro a começar a 16.ª temporada.

PEDRO RORIZ E CARLOS SOUSA (auto.look2010@gmail.com)

O WTCR que passa por Vila Real no primeiro fim-de-semana de Julho, arranca, este fim-de-semana, nas ruas da cidade francesa de Pau, de onde estava ausente desde 2018, depois de, no ano passado ter passado pelo traçado de Pau-Arnos, situado acerca de 20 km da cidade.

Após dois anos de ausência, o circuito citadino transmontano regressa à competição, com o piloto português Tiago Monteiro (Honda) a apresentar-se como um dos nomes ilustres deste campeonato, ao iniciar a 16.ª temporada consecutiva.

Este ano, o calendário terá 10 jornadas, já sem a prova inicialmente prevista para a Rússia devido às sanções internacionais aplicadas após a invasão da Ucrânia, sendo substituída por uma segunda ronda em França, no circuito de Anneau du Rhin, na Alsácia.

Dezoito pilotos arrancam para uma temporada que implicará a visita 10 circuitos, os sete primeiros na Europa e os restantes na Coreia do Sul, na China e em Macau, que volta a encerrar a competição. Cinco marcas – Audi, Cupra, Honda, Hyundai e Lynk & Co – marcam presença, com as marcas alemã e chinesa a contarem com cinco pilotos, contra quatro do construtor japonês e dois dos fabricantes espanhol e sul-coreano.

Entre os pilotos da marca japonesa volta a estar o português Tiago Monteiro, agora integrado na Liqui Molly Team Engstler, onde terá como companheiro de equipa o húngaro Attila Tassi, com os argentinos Nestor Girolami e Esteban Guerrieri a guiarem os outros dois carros vindos do país do sul nascente.

O piloto português, recuperado de uma infecção pulmonar que o atingiu no final do ano passado, está confiante e não esconde que «voltar a um circuito onde não vamos há alguns anos pode ser quase uma novidade, com o desafio de num circuito citadino não percebermos muito bem como será o desempenho numa pista tradicional, O carro não sofreu grandes alterações, pelo que conhecemos os pontos fortes e fracos e aguardamos, com expectativa, o peso que cada carro terá para sabermos em que medida pode influenciar em termos de desempenho».

Por sua vez, o francês Yann Ehrlacher (Lynk & Co 03) inicia a defesa do título, face uma forte concorrência, na qual se inclui o português, que tem por objectivo ganhar, com um começo num traçado citadino a obrigar a cautelas redobradas, por qualquer excesso poder terminar no muro de proteccão.

CALENDÁRIO WTCR DE 2022

A competição passa duas vezes por França, tem três circuitos citadinos, Pau, Vila Real e Guia, mas mantêm-se algumas reservas em relação às provas fora da Europa, em particular no que diz respeito à China e a Macau por causa do aumento do número de intectados com o Covid19 existente na região. Os responsáveis da competição não escondem a esperança de no final do ano ser possível efectuar as corridas, tal como está programado.

Este campeonato, cuja diferença para a anterior versão (WTCC) é o facto de não ter nenhum construtor a nível oficial representado, tendo apenas carros em versão cliente, arranca este fim-de-semana e termina a 20 de novembro, no circuito de Macau.

DATA PAÍS CIRCUITO
8 de Maio França Pau-Ville
28 de Maio Alemanha Nordschleife
12 de Junho Hungria Hungaroring
26 de Junho Espanha Motorland Aragon
3 DE JULHO PORTUGAL VILA REAL
24 de Julho Itália Vallelunga
7 de Agosto França Anneau du Rhin
9 de Outubro Coreia do Sul Inje Speedium
6 de Novembro China Ningbo International Speedpark
20 de Novembro Macau Guia

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.