Vodafone Rali de Portugal ligado a 21 especiais

O Vodafone Rali de Portugal terá 21 especiais cronometradas, incluindo uma super-especial na zona da Foz do Douro, no Porto, a disputar ao final da tarde de sábado, dia 22 de Maio.

(auto.look2010@gmail.com) – Fotos: JORGE CUNHA E ALBANO LOUREIRO / AIFA

Segundo a versão provisória do guia do Vodafone Rali de Portugal, quarta jornada do Campeonato do Mundo da especialidade, os pilotos vão enfrentar um total de 346,26 quilómetros cronometrados, divididos por 21 especiais a percorrer ao longo de três dias de prova, de 21 a 23 de Maio.

Depois do cancelamento da edição de 2020 devido à pandemia da Covid-19, o Automóvel Club de Portugal (ACP) regressa ao Centro do país, com sete troços naquele território. Duas passagens pelas especiais da Lousã, Góis e Arganil e uma por Mortágua, marcam o dia de sexta-feira antes dos concorrentes abordarem a super-especial no Circuito de Lousada e que em encerra o dia com 122,88 quilómetros.

No sábado, dia 22, os concorrentes enfrentam o dia mais longo, com 165,16 quilómetros divididos por sete especiais, incluindo uma super-especial de 3,30 quilómetros traçada na Foz do Douro, no Porto, com os participantes a partirem aos pares. As restantes são desenhadas entre Vieira do Minho, Cabeceiras de Basto e Amarante.

Para domingo, 23 de Maio, estão reservados mais seis troços, terminando com a “Power Stage” de Fafe. Pelo meio, os pilotos têm de percorrer ainda os troços de Felgueiras e Montim.

As inscrições terminam no dia 20 de Abril, às 18h00. Em 2019, o estónio Ott Tanak, em Toyota Yaris, venceu a 53.ª edição do VodafoneRali de Portugal, acabando por conquistar o primeiro campeonato da sua carreira no final do ano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *