Vitórias repartidas de Dani Sordo e Ricardo Teodósio

Ricardo Teodósio e José Teixeira (Skoda Fabia R5) começaram da melhor a maneira o Campeonato de Portugal de Ralis 2019, com um triunfo sem contestação. Dani Sordo e Carlos Del Barrio conduziram o o Hyundai i20 R5 ao triunfo em termo gerais.

PEDRO RORIZ (auto.look2010@gmail.com)

Dani Sordo e Carlos Del Barrio (Hyundai i20 R5)

Quando a Hyundai anunciou a presença do espanhol Dani Sordo (Hyundai i20 R5) no Rali Serras de Fafe ficou evidente que, salvo qualquer imponderável, a vitória estava definida, restando aos portugueses discutirem a segunda posição e foi isso que aconteceu.

Com toda a sua experiência do “Mundial”, Dani Sordo “passeou” pelas especiais que vão integrar a derradeira etapa do Vodafone Rali de Portugal e aproveitou para um treino que espera que venha a ser importante quando regressar às florestais minhotas no início de Junho.

 

Ricardo Teodósio e José Teixeira (Skoda Fabia R5)

Confirmando o excelente final da temporada anterior, em que perdeu a hipótese de discutir o título até ao fim por ter sido traído pelo motor, Ricardo Teodósio, navegado por José Teixeira e aos comandos de um Skoda Fabia R5, foi de forma clara o melhor dos pilotos nacionais e demonstrou uma maturidade que o torna um sério candidato ao título.

Dani Sordo terminou com mais de um minuto de vantagem para Ricardo Teodósio, que é assim o primeiro líder do Campeonato de Portugal de Ralis, dando continuidade à boa forma de 2018, em que triunfou no Rali de Castelo Branco, obteve mais três pódios e lutou pelo título até à última prova, no Algarve.

 

Miguel Barbosa e Paulo Babo (Skoda Fabia R5)

Miguel Barbosa (Skoda Fabia R5) completou o pódio e mostrou que a adaptação às provas de estrada é cada vez mais evidente e deve estar cada vez mais perto de vencer uma prova do campeonato, sabendo defender-se, com sucesso, do ataque final de Ricardo Moura (Skoda Fabia R5), o vencedor do ano passado, que só deverá a competir nos Açores, a exemplo do que sucedeu na temporada anterior.

Nos lugares seguintes classificaram-se José Pedro Fontes (Citroen C3 R5) e Bruno Magalhães (Hyundai i20 R5) que estiveram longe daquilo que era esperado, pois nunca estiveram, contra o que era esperado, na luta pelas primeiras posições.

 

Ricardo Moura e António Costa (Skoda Fabia R5)

Esperava-se que o ritmo ganho no “Europeu” permitisse a Bruno Magalhães discutir os lugares do pódio, mas o piloto terá acusado a estreia no carro da marca sul-coreana, acabando ambos por ficar aquém daquilo que era esperado.

Os chilenos Alberto Heller (Ford Fiesta R5) e Pedro Heller (Ford Fiesta R5), que vieram a Fafe fazer o mesmo que Dani Sordo, treinar o Vodafone Rali de Portugal, e Pedro Almeida (Ford Fiesta R5) completaram o lote dos 10 primeiros.

Mau começo da temporada para Pedro Meireles (VW Polo GTi R5) que, na estreia em Portugal do carro da marca alemã, começou por capotar no “shake down” e depois, durante a prova, nunca esteve na luta pelas primeiras posições, ficando a dúvida se o sucedido no arranque da prova condicionou o piloto que acabaria por desistir, quando estava longe dos homens da frente.

Pedro Antunes e Paulo Lopes

PEDRO ANTUNES VENCE PEUGEOT RALLY CUP IBÉRICA

Pedro Almeida entrou a vencer na Peugeot Rally Cup Iberica, depois de ter dominado a prova de forma clara, como o demonstra o facto de só ter perdido o comando após a dupla passagem pela Fafe Street Stage, altura em que Daniel Nunes, que terminou em segundo, passou pelo comando da iniciativa.

Foi intensa a luta pelo derradeiro lugar do pódio entre os espanhóis Alberto Monarri e Jose Maria Reyes que terminaram separados pela diferença mínima (0,1 segundo).

VITÓRIA DE MIGUEL TEIXEIRA NO NORTE DE RALIS

Depois da desistência de Filipa Madureira (Mitsubishi Lancer X), Miguel Teixeira (BMW E30) ascendeu ao comando e não mais o perdeu, assegurando o triunfo à frente de João Castela (Peugeot 208 R2) e Jorge Ribeiro (Citroen C2 R2).

FICHA DA PROVA

Rali – Serras de Fafe

Data – 21/23 de Fevereiro

Organizador – Demoporto

Estrutura – 355,72 km divididos por duas secções: Fafe – Fafe (106,36 km); Fafe – Fafe (249,36 km)

PC – 13 (3 + 8)

Extensão das PC – 124,44 km (29,74 km + 94,70 km)

Percentagem das PC – 34,98 %

Inscritos – 59 (29 RC2, 3 RC3, 27 RC4)

Participantes – 58 (29 RC2, 3 RC3, 26 RC4)

Classificados – 42 (22 RC2, 1 RC3, 19 RC4)

COMANDANTES SUCESSIVOS

Absoluto – Dani Sordo, da 1.ª à 13.ª.ª PC

RC2 – Dani Sordo, da 1.ª à 13.ª PC

RC3 – Paulo Neto, da 1.ª à 13.ª PCe

RC4 – Pedro Antunes, na 1.ª e 2.ª PC; Daniel Nunes, na 3.ª PC; Pedro Antunes, da 4.ª à 13.ª PC

VENCEDORES

Absoluto – Dani Sordo/Carlos Del Barrio (Hyundai i20 R5)

RC2 – Dani Sordo/Carlos Del Barrio (Hyundai i20 R5)

RC3 – Paulo Neto/Vítor Hugo (Citroen DS3 R3T)

RC4 – Pedro Antunes/Paulo Lopes (Peugeot 208 R2)

CLASSIFICAÇÃO

POS. EQUIPACARROTEMPO
1.ºDani Sordo/Carlos Del BarrioHyundai i20 R51.27’57,7″
2.ºRicardo Teodósio/José TeixeiraSkoda Fabia R5a 1’14,0″
3.ºMiguel Barbosa/Paulo BaboSkoda Fabia R5a 1’24,4″
4.ºRicardo Moura/António CostaSkoda Fabia R5a 1’29,5″
5.ºJosé Pedro Fontes/Inês PonteCitroen DS3 R5a 1’56,8″
6.ºBruno Magalhães/Hugo MagalhãesHyundai i20 R5a 1’59,5″
7.ºArmindo Araújo/Luís RamalhoHyundai i20 R5a 2’29,5″
8.ºAlberto Heller/Jose Luis DiazFord Fiesta R5a 2’33,4″
9.ºPedro Heller/Marc MartiFord Fiesta R5a 3’13,0
10.ºPedro Almeida/Alberto SilvaSkoda Fabia R5a 3’40,8″

OS MAIS RÁPIDOS

1.º2.º3.º4.º5.º6.º
Dani Sordo1210000
Armindo Araújo132121
Ricardo Teodósio044120
Ricardo Moura033201
Miguel Barbosa032420
José Pedro Fontes001222
Alberto Heller000203
Pedro Meireles000103
Bruno Magalhães000043
António Dias000010

PRÓXIMA PROVAS – Rali dos Açores, de 21 a 23 de Março, organizado pelo Grupo Desportivo e Comercial, a contar para o Campeonato da Europa e para o Campeonato de Portugal, e Rali Sierra Morena, organizado pelo Automovil Club de Cordoba, pontuável para a Peugeot Rally Cup Iberica

CLASSIFICAÇÃO DO CAMPEONATO

1.º Ricardo Teodósio, 26,52 pontos; 2.º Miguel Barbosa, 21,14; 3.º Ricardo Moura, 17,76; 4.º José Pedro Fontes, 14; 5.º Bruno Magalhães, 12; 6.º Armindo Araújo, 11,52; 7.º Pedro Almeida, 8; 8.º Paulo Meireles, 6; 9.º Joaquim Alves, 4; 10.º, Miguel Correia, 2.

Partilhe

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificação