Vitória lusa na Africa Race nos camiões

Os portugueses Elisabete Jacinto, José Marques e Marco Cochinho (MAN) venceram a 11.ª edição do Africa Eco Race, nos camiões concretizando algo há muito sonhado.

PEDRO RORIZ (auto.look2010@gmail.com)

A evolução sofrida pelo MAN permitiu a Elisabete Jacinto aproveitar as incidências da prova e alcançar o triunfo que tanto desejava, sendo a segunda mulher a vencer a categoria numa prova deste tipo, juntando-se à alemã Jutta Kleinschmidt que ganhou o “Dakar”, nos automóveis, em 2001.

Na classificação conjunta, carros/camiões, a equipa portuguesa alcançou um brilhante quinto lugar, fruto da boa navegação, dos poucos momentos difíceis e da eficácia da condução, sendo de assinalar que Elisabete Jacinto terminou com mais de duas horas de avanço sobre o seu mais directo perseguidor, o belga Noel Essers (MAN).

A especial do Lac Rose que fecha a prova, mas sem influência na classificação, consistiu na jornada de consagração para todos os que chegaram ao fim da prova, desejo que todos tinham ao alinharem à partida em Monte Carlo, no final do ano passado

Nas motos vitória do italiano Alessandro Botturi (Yamaha), com o norueguês Pal Anders Ullevalseter (KTM) a revelar-se um duro adversário, mas a não conseguir repetir os êxitos de 2015 e 2016.

Os dois foram claramente superiores aos seus adversários como o atestam as mais de duas horas de diferença para o italiano Simone Agazzi (Honda), que completou um pódio com três motos de marcas diferentes.

Nos automóveis, o francês Dominique Laure (Optimus) dominou a primeira parte da prova, mas um acidente, junto ao controlo de chegada a Chami, quando se “desentendeu” com o russo Sergey Kuprianov (Optimus) custou-lhe um triunfo anunciado, o qual acabaria por pertencer ao seu compatriota, Jean-Pierre Strugo (Optimus) que terminou com mais de uma hora de avanço sobre os seus compatriotas David Gerard (Optimus) e Jean Noel Julien (Optimus) que constituem um pódio tricolor.

Como curiosidade refira-se que é a primeira vez que Yamaha (Motos), Optimus (carros) e MAN (camiões) venceram pela primeira vez no Africa Eco Race.

CLASSIFICAÇÕES

SECTOR SELECTIVO (21,93 KM)

MOTOS

1.º Pal Anders Ullevalseter (KTM), 10m26s

2.º Felix Jensen (KTM), a 18”

3.º Simone Agazzi (Honda), a 50”

4.º Alessandro Botturi (Yamaha), a 1’49”

5.º Francisco Arredondo (KTM), a 1’50”

AUTOMÓVEIS

1.º Philippe Gosselin/David Bonon (Optimus), 11m27s

2.º Patrick Martin/Didier Bigot (Tarek), a 28”

3.º Imre Varga /Jozsef Toma (BMW), a 44”

4.º François Cousin/Stéphane Cousin (Nissan), a 57”

5.º David Gerard/Pascal Delacour (Optimus), a 1’09”

CAMIÕES

1.º Aad Van Velsen/Marco Siemons/Harry Oosting (Ginaf), 14m16s

2.º Tomas Tomecek (Tatra), a 37”

3.º Johan Elfrink/Dirk Schuttel (Mercedes), a 50”

4.º Elisabete Jacinto/José Marques/Marco Cochinho (MAN), a 56”

5.º Noel Essers/Marc Lauwers/John Cooninx (MAN), a 2’39”

GERAL – MOTOS

1.º Alessandro Botturi (Yamaha), 46h05m13s

2.º Pal Anders Ullevalseter (KTM), a 4’54”

3.º Simone Agazzi (Honda), a 2.13’06”

4.º Felix Jensen (KTM), a 2.45’03”

5.º Francisco Arredondo (KTM), a 5.55’39”

AUTOMÓVEIS

1.º Jean-Pierre Strugo/François Borsotto (Optimus), 44h49m58s

2.º David Gerard/PascalDelacour (Optimus), a 1’22’13”

3.º Jean-Noel Julien/Rabha Julien (Optimus), a 1’43’32”

4.º Yves Fromont/Paul Vidal (Tarek), a 1.48’29”

5.º François Cousin/Stéphane Cousin (Nissan), a 11.12’24”

CAMIÕES

1.º Elisabete Jacinto/José Marques/Marco Cochinho (MAN), 48h07m52s

2.º Noel Essers/Marc Lauwers/John Cooninx (MAN), a 2.41’07”

3.º Johan Elfrink/Dirk Schuttel (Mercedes), a 6.42’50”

4.º Tomas Tomecek (Tatra), a 17.04’38”

5.º Boleslav Levitskii/Stanislav Dolgov (GAZ), a 23.’09’00”

 

Partilhe

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificação