Valtteri Bottas já encanta na Rússia

Com pneus macios, o finlandês foi o mais rápido de uma sessão marcada por leves toques dada a pouca aderência dos pneumáticos na pista de Sóchi. O companheiro de equipa, o inglês Lewis Hamilton foi penúltimo sem nunca usar os compostos vermelhos.

PEDRO RORIZ (auto.look2010@gmail.com)

O finlandês Valtteri Bottas (Mercedes) foi o mais rápido na primeira sessão de treinos livres para o GP da Rússia, que decorre no traçado de Sochi, com o asfalto muito sujo, a provocar várias saídas de pista, com a do canadiano Nicholas Latifi (Williams/Mercedes) a levar à interrupção da sessão e a obrigar a equipa a intenso trabalho para recuperar o carro para a segunda sessão.

Ao contrário do que é habitual não são os dois Mercedes que ocupam as duas primeiras posições, porque o inglês Lewis Hamilton (Mercedes) foi, apenas, penúltimo (19.º), por ter usado os pneus mais duros, ao contrário do que sucedeu com os seus adversários.

Foi o australiano Daniel Ricciardo (Renault) a colocar-se na segunda posição, à frente do holandês Max Verstappen (Red Bull/Honda), terceiro mais rápido como é habitual, mas os dois ficaram já a mais de meio segundo do tempo do finlandês, que foi o único a rodar no segundo “34”.

Apesar de não dispor das últimas evoluções, que foram introduzidas no carro do canadiano Lance Stroll (Racing Point/Mercedes), o mexicano Sérgio Perez (Racing/Point/Mercedes), que está a fazer as últimas provas com a equipa, registou o quarto tempo, à frente do inglês Lance Stroll (McLaren/Renault) e do francês Esteban Ocon (Renault), com os carros da marca do losango a mostrarem uma boa adaptação ao traçado russo.

A correr em casa, o russo Daniil Kvyat (Alpha Tauri/Honda) registou o sétimo tempo, à frente do inglês Alexander Albon (Red Bull/Honda) e do alemão Sebastian Vettel (Ferrari), desta vez o mais rápido da marca italiana, mas a não ir além do nono tempo, com o monegasco Charles Leclerc (Ferrari) a ficar duas posições mais atrás, com o francês Pierre Gasly (Alpha Tauri/Honda) a ficar a separar os dois carros de Maranello.

Tempos do treino

PILOTO CARRO MOTOR TEMPO
Valtteri Bottas Mercedes W11 Mercedes 1’34,923″
Daniel Ricciardo Renault RS20 Renault 1’35,430″
Max Verstappen Red Bull RB16 Honda 1’35,577″
Sergio Perez Racing Point RP20 Mercedes 1’35,796″
Lance Stroll Racing Point RP20 Mercedes 1’35,965″
Esteban Ocon Renault RS20 Renault 1’36,061″
Danill Kvyat Alpha Tauri AT01 Honda 1’36,230″
Alexander Albon Red Bull RB16 Honda 1’36,254″
Sebastian Vettel Ferrari SF1000 Ferrari 1’36,323″
Pierre Gasly Alpha Tauri AT01 Honda 1’36,706″
Charles Leclerc Ferrari SF1000 Ferrari 1’36,896″
Carlos Sainz McLaren MCL35 Renault 1’36,970″
Lando Norris McLaren MCL35 Renault 1’37,110″
Antonio Giovinazzi Alfa Romeo C39 Ferrari 1’37,201″
Kimi Raikkonen Alfa Romeo C39 Ferrari 1’37,230″
Kevin Magnussen Haas VF-20 Ferrari 1’37,430″
George Russell Williams FW 43 Mercedes 1’37,595″
Romain Grosjean Haas VF-20 Ferrari 1’37,649″
Lewis Hamilton Mercedes W11 Mercedes 1’37,716″
Nicholas Latifi Williams FW 43 Mercedes 1’37,784

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: