Troféu C1 Learn & Drive: sucesso na estreia

O Troféu C1 Learn & Drive foi lançado apenas há um ano, mas já juntou mais de duas centenas de pilotos nas pistas nacionais. E para a temporada de 2020 há novidades a levedar…

(auto.look2010@gmail.com)

Foi em Julho de 2018 que, nas instalações da VRacers Motorsport Simulation, e diante uma plateia curiosa e atenta, acompanhada por muitos em streaming pelo Facebook, a voz do reconhecido comentador de automobilismo João Carlos Costa anunciava o arranque de uma audaz iniciativa.

O desafio era simples: promover uma competição de endurance, com custos reduzidos e controlados, juntando todo o tipo de Pilotos – consagrados, iniciados e, não menos importante, aqueles que até agora apenas se tinham envolvido nas corridas a partir da bancada. Foi aí que começou a história do Troféu C1 Learn & Drive em Portugal.

Um ano volvido, e superando as expectativas de todos, o Troféu C1 resgatou e cativou para as pistas mais de duas centenas de pilotos, que ao longo das primeiras três jornadas alimentaram, saciaram, vingaram e desenvolveram a sua paixão por este emocionante desporto.

Neste momento, existem 50 Citroën C1 prontos a correr em Portugal. E é com este número de carros na grelha que será dado o sinal verde para a última jornada pontuável do Troféu, no dia 1 de Setembro, no Circuito Estoril.

Adicionalmente, mais de metade destas equipas também já respondeu afirmativamente ao desafio lançado pela organização para as 24 Horas do Algarve, a ser disputada entre os dias 4 e 6 de Outubro. A lista conta, neste momento, com 29 inscrições confirmadas, com previsões de crescer ainda mais.

Em jeito de balanço, André Marques afirma que «no total, já passaram 225 pilotos pelas grelhas do Troféu C1». «Isso deixa-nos extremamente orgulhosos e satisfeitos, ainda que reforce o peso da responsabilidade e compromisso de continuar a trabalhar para dar o melhor aos que acreditaram neste projecto. Por isso, mesmo com duas corridas ainda por cumprir esta temporada, estamos já a desenvolver o calendário de 2020 para apresentar as novidades o mais breve possível», remata o responsável Troféu C1 Learn & Drive.

AUTOLOOK “À BOLEIA” DE ASTRILUSA RACING TEAM

A equipa Astrilusa Racing Team, que alinha neste troféu de endurance, com custos controlados, provas de 6 horas e destinado a equipas compostas por três a seis pilotos, na classe AM, já se afeiçoou às “aventuras e peripécias” em pista.

António Correia, Ricardo Águas, João Carrilho, Thomas Hilgers e Miguel Palos sãos os “chauferes” de serviço para mover os “petit” Citroën C1 no nas provas do Troféu C1.

Todos, sem excepção, encontraram neste modelo famoso do “double chévron” para “soltar” energia e “produzir” efeitos entusiásticos a partir do Citroën C1 1.0 (gasolina, 3 portas, volante à esquerda, anterior a Abril de 2014).

A equipa Astrilusa Racing Team soube aplicar o kit integral destinado a salvaguardar tanto a fiabilidade da mecânica como a segurança dos seus pilotos em pista, revelando, em cada prova, uma motivação extra para acelerar nos circuitos de Norte a Sul do país.

AUTOLOOK.PT orgulha-se de António Correia, Ricardo Águas, João Carrilho, Thomas Hilgers e Miguel Palos que, no pequeno mas fiável C1 com o número 40 nas portas, silenciam os mais cépticos e partilham, entre si, a competitividade do referido troféu que nasceu com o condão de garantir um pelotão com inúmeros valores da velocidade nacional. A equipa Astrilusa Racing Team é um exemplo a seguir…

Partilhe

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificação