Toyota lidera venda nacional de electrificados

Com uma gama alargada de modelos híbridos, a Toyota mantém-se como a marca líder na venda de veículos electrificados em 2020. Num ano bastante desafiante devido à pandemia, foram 67% de automóveis híbridos o caudal de vendas.

(auto.look2010@gmail.com)

Num ano marcado pela forte queda do mercado automóvel devido à pandemia da Covid-19, os veículos electrificados da Toyota continuaram a merecer a preferência dos portugueses e as vendas da Toyota em 2020 reflectem precisamente isso. De um total de 6.223 viaturas ligeiras de passageiros, a Toyota registou, de Janeiro a Dezembro de 2020, 4.168 viaturas com a tecnologia híbrida.

Com um forte peso nas vendas, as viaturas electrificadas com a tecnologia “Full-Hybrid” representam 67% das vendas totais de ligeiros de passageiros da Toyota em Portugal em 2020. O campeão de vendas electrificadas em 2020 foi o Corolla que ultrapassou o crossover C-HR que liderou o caminho em 2019.

O Corolla (nas carroçarias Hatchback e Touring Sports e Sedan) foi o modelo híbrido mais vendido da marca com 1.548 unidades em 2020, cerca de 91% dos clientes Corolla a optarem pela versão híbrida.

José Ramos, presidente e CEO da Toyota Caetano Portugal, SA, afirma mesmo que «os híbridos são uma solução amiga do ambiente, com um custo equiparado aos veículos convencionais e que não alteram o estilo de vida dos clientes, uma vez que não necessitam de carregamento externo. O futuro está na massificação da electrificação, por isso o futuro está nos híbridos».

Com mais de 20 anos de experiência, a Toyota irá continuar o seu caminho da electrificação através do aumento da gama alargada de modelos híbridos e responder a grandes desafios da próxima jornada de electrificação, com a introdução, este ano e no próximo, de mais um modelo SUV híbrido plug-in e um modelo eléctrico a baterias e um eléctrico a hidrogénio (segunda geração Mirai) que utiliza uma pilha de combustível (Fuel Cell).

São mais de 15 milhões os híbridos vendidos com a tecnologia da Toyota, o que equivale a uma redução de emissões de CO2 de 120 milhões de toneladas a nível mundial. Desde o início das vendas do Prius na Europa, no ano 2000, que a marca tem vindo a aumentar a percentagem de vendas de modelos electrificados no velho continente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *