Toyota chega ao n.º 1 de vendas ao bater a VW

O mercado automóvel continua a sofrer com a pandemia da Covid-19. Além da quebra de vendas, registou também um abrandamento ao nível da produção de novos veículos no último ano. Se até agora a Volkswagen era o grupo que mais vendia à escala mundial, com a pandemia tudo mudou…

(auto.look2010@gmail.com)

A Toyota deixa a concorrência para trás

A Toyota foi a fabricante que mais veículos vendeu em 2020. Pela primeira vez em cinco anos, a marca japonesa conquistou o primeiro lugar das marcas que mais veículos vendem. De relembrar que a Toyota inclui várias marcas, como é o exemplo das subsidiárias Daihatsu Motor e Hino Motors.

De acordo com as informações, as vendas da Toyota recuaram 11,3% tendo sido vendidos 9,53 milhões de veículos. O grupo alemão Volkswagen vendeu 9,31 milhões de unidades. Segundo um estudo do Instituto IHS Markit, a procura por automóveis caiu 14% em 2020 face a 2019.

“Vida de cão” para a Volkswagen que quebrou ao nível de vendas

Tal cenário deveu-se à interrupção forçada da produção nas fábricas e ao encerramento de “show rooms”. Além disso, a confiança dos consumidores também diminuiu. Depois existe a questão dos mercados. A Toyota terá sido beneficiada pelo facto de o Japão, e a Ásia no geral, terem sido menos afectadas pela pandemia. Nos Estados Unidos, onde a fabricante japonesa também tem uma forte implementação, as vendas de carros tiveram uma quebra de 15%.

Relativamente à Volkswagen, com forte negócio na Europa, a quebra rondou os 24%. A Associação Europeia de Fabricantes de Automóveis revelou recentemente que foram vendidos menos de 10 milhões de carros na União Europeia em 2020.

Mas não tudo são más notícias para a Volkswagen. Os analistas prevêem que o grupo recupere já o primeiro lugar em 2021. No entanto, será mesmo a Toyota que depois irá liderar o mercado automóvel, isto por causa da oferta ao nível dos eléctricos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *