Toyota atribui bolsa a projecto de biodiversidade

A Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves (A SPEA), uma ONG portuguesa de preservação de aves, foi mais uma vez, uma das 10 finalistas não japonesas, e a única europeia, no desenvolvimento de tecnologias amigas do ambiente.

(auto.look2010@gmail.com)

A Toyota continua a acelerar rumo ao objectivo anunciado em Outubro de 2015 no Desafio Ambiental 2050, que compreende seis desafios distintos, que abrangem todos os aspectos, seja no desenvolvimento de novos produtos e tecnologias de mobilidade, seja no seu papel de facilitador a pessoas e comunidades para melhorar o contexto e o ambiente natural que os rodeia.

Estes desafios ambiciosos traduzem-se, por exemplo, no desenvolvimento de tecnologias amigas do ambiente e na redução das emissões de CO2 de veículos novos desde a sua produção até ao final do seu ciclo de vida útil, na busca por um mundo sem emissões demonstrado pelo pioneirismo na electrificação que se traduz na liderança na electrificação e na massificação da tecnologia híbrida.

Com base nesta visão, há mais de 2 décadas que a Toyota tem vindo a apoiar projectos ambientais, realizadas por organizações não governamentais, sem fins lucrativos, através da disponibilização de bolsas inseridas no “Programa de Actividades de Âmbito Ambiental”.

Até ao momento, este programa da Toyota, que abrange as duas áreas de Biodiversidade e Alterações Climáticas, já soma o apoio a 440 projectos em 57 países, 27 deles seleccionados recentemente e sendo um deles português. O júri constituído por representantes da Toyota seleccionou 27 novos projectos ambientais, 17 foram japoneses, sendo os restantes provenientes de África, Ásia, América do Sul e apenas um da Europa, o projecto português da Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves (SPEA).

Distinguida já em 2016 e 2018, a organização sem fins lucrativos SPEA, apresenta um novo projecto e volta a ser distinguida com o apoio financeiro do “Programa de Actividades de Âmbito Ambiental Toyota 2020”, com o projecto Birds are important: what happened if they wouldn’t exist? As Aves são importantes: o que aconteceria se deixassem de existir?

Trata-se de um projecto de educação ambiental que pretende alertar para a importância das aves nos ecossistemas naturais e em meio urbano. O projecto será dirigido a escolas e famílias, e inclui um programa continuado de educação ambiental, acções de formação para professores, workshops, saídas de campo e webinares, com o objectivo de envolver as pessoas na conservação das aves e das suas funções na natureza, contribuindo assim para um maior equilíbrio dos ecossistemas e para a manutenção da biodiversidade.

Este projecto insere-se nas actividades de responsabilidade social da Toyota, que apoia este tipo de iniciativas de preservação do ambiente, envolvendo-se com várias entidades e comunidades locais, como é exemplo o projecto “Um Toyota, uma Árvore” que iniciou em 2005 com a plantação de uma árvore por cada Toyota novo vendido e que já plantou em termos acumulados cerca de 180 mil árvores em Portugal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *