Toni Bou conquistou 29.º título mundial em Gouveia

O espanhol Toni Bou (Montesa) conquistou o 29.º título mundial da sua carreira após vencer o Grande Prémio de Portugal de Trial, última prova deste campeonato de motociclismo, que se disputou em Gouveia. Este foi o 15.º título consecutivo de trial outdoor (ao ar livre), a que soma mais 14 na versão de pavilhão (indoor).

(auto.look2010@gmail.com) – Fotos: PEP SEGALES / FIM

Gouveia consagrou os novos campeões mundiais de Trial, este sábado, nos belíssimos cenários da Serra da Estrela. O espanhol Toni Bou confirmou favoritismo na categoria rainha e chegou ao 15.º mundial consecutivo de TrialGP. A espanhola Laia Sanz (TrialGP Women), britânico Toby Martin (Trial2) e italiana Andrea Rabino (Trial2 Women) também se sagraram campeões em Gouveia, que este domingo recebe o prestigiado Trial das Nações.

Sob condições ideais, Gouveia foi palco de um grande espetáculo da modalidade, este sábado, com a disputa da sexta e última etapa do Campeonato do Mundo FIM de Trial. Mais de 70 pilotos distribuídos por quatro categorias enfrentaram as zonas de obstáculos, delineadas no centro e nas imediações da cidade, com Toni Bou a reforçar em Portugal o seu estatuto de verdadeira lenda da modalidade.

O piloto da Repsol Montesa Honda, de 34 anos, venceu a derradeira prova da temporada, com um total de 20 pontos no final das duas voltas ao percurso, deixando o seu grande rival Adam Raga (TRRS) no segundo lugar, com 24 pontos. O pódio do TrialGP em Gouveia ficou completo com outro espanhol, Jaime Busto (Vertigo), que somou 26 pontos no final da prova. Foi o 15.º título mundial de TrialGP para Toni Bou, que tem agora no currículo um total de 29 Campeonatos do Mundo de Trial (15 outdoor e 14 indoor).

No Campeonato do Mundo feminino (TrialGP Women), Emma Bristow (Sherco) e Laia Sanz (Gas Gas) chegavam a Gouveia separadas por apenas um ponto, mas a espanhola foi mais forte sob pressão e sagrou-se campeã do Mundo ao vencer a ronda portuguesa, na frente da compatriota Berta Abellán (Vertigo) e de Bristow. Laia Sanz, uma das mais multifacetadas pilotos espanholas, conquistou assim o seu 14.º título mundial de Trial.

A categoria Trial2 foi ganha em Gouveia pelo italiano Lorenzo Gandola (Beta), na frente do francês Alexandre Ferrer (TRRS) e do novo campeão do Mundo, o britânico Toby Martin (TRRS), que assim bateu o compatriota Jack Peace (Sherco), que foi apenas sétimo em Gouveia. Na Taça do Mundo de Trial2 Women, a italiana Andrea Sofia Rabino (Beta) confirmou um título há muito anunciado, e venceu também em Gouveia, na frente da compatriota Sara Trentini (Vertigo) e da britânica Kaytlyn Adshead (TRRS).

Destaque para as três pilotos portuguesas que competiram na derradeira prova da Taça do Mundo, com Rita Vieira (TRRS) a conseguir o 13.º lugar, logo seguida por Mariana Afonso (Gas Gas), com Leonor Moreira (Gas Gas) a terminar no 16.º posto.

Este domingo, Gouveia recebe a edição de 2021 do prestigiado Trial das Nações, a mais importante competição de selecções da modalidade, com 73 pilotos em representação de 17 países.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *