Tommi Makinen com receio de ir parar… à prisão!

Segundo José António Marques, principal rosto do site sportmotores.com, “o finlandês e antigo piloto de ralis está no meio de um processo judicial que na pior das hipóteses o poderá mandar uns dias para a cadeia”.

(auto.look2010@gmail.com)

«Segundo o site delfi.ee, tudo começou com uma multa por excesso de velocidade em 2019, onde foi apanhado a 149km/h numa zona de limite de 100km/h. Na Finlândia as multas para esta infração são proporcionais ao rendimento do infrator, e foi aqui que começou a confusão em que o ex-campeão do mundo de ralis se meteu.

Normalmente os infractores usam o seu rendimento do ano anterior para as autoridades calcular o valor da multa, só que Makinen tinha relocalizado a Tommi Mäkinen Racing para a Estónia e o seu rendimento na Finlândia reduziu-se para 10.000 euros mensais. Graças a isso a multa, que seria de 37.000 euros, passou a ser de 3.000 euros apenas.

Só que nesse ano de 2019 o rendimento mensal de Makinen era de 62.000 euros, 10.000 na Finlândia e 52.000 na Estónia. O homem que liderou a Toyota Gazoo Racing WRC até 2020 entendeu que apenas teria de declarar o rendimento usufruído na Finlândia.

As autoridades finlandesas, muito rigorosas nesta coisa dos impostos, tiveram uma interpretação diferente, e entendem que a atitude de Tommi Makinen foi uma mentira à polícia. Abriram um processo judicial, Makinen foi ouvido esta terça-feira e tem julgamento marcado para 11 de Janeiro. Segundo o site estónio, se a vida lhe correr mesmo mal no julgamento pode acabar com uns dias de cadeia», pode ler-se no site sportmotores, assinado por José António Marques.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.