Tomás Leitão uma certeza no Karting nacional

Piloto de Oeiras já é um dos principais protagonistas nacionais em solo nacional.

(auto.look2010@gmail.com)

Tomás Leitão está a ser o piloto sensação do Campeonato de Portugal de Karting da categoria X30 Sénior em 2021, dado que, apesar de ter cumprido na segunda jornada dupla, em Leiria, apenas a sua sexta prova na classe-rainha – desde que se iniciou no Karting em 2020 –, ficou a 0,7 segundos de conquistar um lugar no pódio, entre 27 pilotos, na sua maioria com larga experiência em Portugal e no estrangeiro.

Em 2020, com 15 anos, Tomás Leitão iniciou-se no Karting de competição a nível nacional através do Rotax Max Challenge Portugal e fez algumas provas esporádicas na categoria X30 Sénior, que é considerada a classe-rainha do Campeonato de Portugal de Karting, competição que o piloto de Oeiras vai agora disputar integralmente em 2021.

Na segunda jornada dupla, em Leiria, Tomás Leitão surpreendeu o vasto pelotão, dado que no primeiro dia de competição, apesar de ter sido o 14.º mais rápido nos treinos cronometrados, recuperou sete lugares na manga de qualificação e foi 7.º classificado, terminando “colado” à traseira do kart do campeão nacional em título, Miguel Silva. Na Final, perante 26 adversários, o piloto de Oeiras esteve igualmente muito forte e viu a bandeira xadrez na 6.ª posição, ficando a 0,7s de garantir o terceiro lugar do pódio.

No segundo dia de competição, Tomás Leitão mostrou novamente a sua rapidez ao garantir a segunda melhor volta nos treinos cronometrados. Contudo, apesar de largar da primeira linha na manga de qualificação, as condições atmosféricas instáveis fizeram com cruzasse a meta no 10.º posto, vendo depois, na Final, a bandeira xadrez num excelente 6.º lugar, depois de recuperar 18 posições!

«Confesso que nunca pensei evoluir tão depressa na categoria X30 Sénior», sublinhou o jovem piloto de 16 anos, debruçando-se sobre o balanço da prova em Leiria e da sua (ainda) curta carreira no Karting.

«Os dois dias de competição em Leiria foram muito positivos, apesar de algumas contrariedades que fui enfrentando. No primeiro dia terminei a Final integrado no grupo que lutava por um lugar no pódio e no segundo, depois de ter caído para o 24.º lugar, consegui recuperar até à sexta posição final, o que também me deixou muito satisfeito. Não tenho para já objectivos concretos, pois estou mais focado em evoluir e penso prova a prova. Quero aprender ao máximo e agradeço ao Cabo do Mundo Kart Team, em particular ao meu mecânico Walter Silva, assim como ao Raul Esperto que continua a ser importante para a minha aprendizagem. A minha família, em particular o meu pai, tem sido igualmente fundamental para a minha evolução», sustentou Tomás Leitão que vai agora, no próximo fim-de-semana disputar a segunda prova do Rotax Max Challenge Portugal da categoria Sénior, em Viana do Castelo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *