Tom Coronel manteve domínio da Audi

Aos comandos de um Audi RS3 LMS, o piloto holandês assegurou o triunfo da segunda corrida do WTCR, na Eslováquia, ao ultrapassar o argentino Esteban Guerrieri (Honda Civic),

PEDRO RORIZ (auto.look2010@gmail.com)

Numa corrida em que o “Safety Car” entrou em acção, logo na volta de abertura, em consequência do “toque” entre o italiano Gabriele Tarquini (Hyundai i30 N) e o húngaro Attila Tassi (Homda Civic), o holandês Tom Coronel (Audi RS3 LMS) assegurou o triunfo, ao ultrapassar o argentino Esteban Guerrieri (Honda Civic), que terminou em terceiro, atrás, ainda, belga Gilles Magnus (Audi RS3 LMS).

Apesar de largar da “pole”, o argentino Nestor Girolami (Honda Civic) partiu mal, foi “engolido” pelo pelotão, enquanto o seu compatriota Esteban Guerrieri (Honda Civic), que largou de quinto, fez uma excelente partida e assumiu o comando, posição que manteria quase até ao fim, altura em que foi ultrapassado pelo holandês e pelo belga.

O desentendimento, verificado na primeira corrida entre Esteban Guerrieri e Nestor Girolami (Honda Civic), que é o primeiro no campeonato entre os pilotos da marca japonesa, foi resolvido com uma conversa no intervalo entre as corridas e na última volta Esteban Guerrieri preparava-se para deixar o seu compatriota terminar no pódio, mas o francês Jean-Karl Verney (Alfa Romeo Giulietta) acertou no carro de Nestor Girolami, com o Honda a bater com violência nos rails e a ficar bastante danificado, colocando em causa a sua presença na terceira corrida.

O português Tiago Monteiro (Honda Civic), desta vez, terminou no 10.º lugar, após duelo com o francês Yvan Muller (Lynk & Co03), que ficou 0,421” à sua frente.

Classificação – 1.º, Tom Coronel (Audi RS3 LMS), 11 voltas (64,958 km), 26’33,749” (161,1 km/h); 2.º, Gilles Magnus (Audi RS3 LMS), a 1,053”; 3.º, Esteban Guerrieri (Honda Civic), a 3,582”; 4.º, Jean-Karl Verney (Alfa Romeo Giulietta), a 4,106”; 5.º, Mikel Azcona (Cupra Leon), a 4,773”; 6.º, Nicky Catsburg Hyundai i30 N), a 5,442”; 7.º, Norbert Michelisz (Hyundai i30 N), a 6,743”; 8.º, Yann Ehrlacher (Lynk & Co 03, a 7,554”; 9.º, Yvan Muller (Lynk & Co 03), a 9,561”; 10.º, Tiago Monteiro (Honda Civic), a 9,982”. Classificaram-se mais nove pilotos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: