Título por decidir no “CORAL Madeira”

O Rali da Calheta, organizado pelo Club Sports da Madeira, encerra o Campeonato de Ralis CORAL da Madeira e vai decidir a atribuição do título entre Alexandre Camacho (Skoda Fabia R5 Evo) e Miguel Nunes (Skoda Fabia Rally2 Evo).

PEDRO RORIZ (auto.look2010@gmail.com)

Alexandre Camacho quere recuperar o ceptro que foi seu em 2019 e que será o sétimo da carreira, e Miguel Nunes está apostado em manter a posse do título, que será o terceiro da sua história.

Alexandre Camacho entra para a derradeira prova com 26 teóricos pontos de vantagem, mas tem contra si o facto de ter de descartar os 17 (Rali do Faial – Santana) que são o seu pior resultado.

Enquanto isso, Miguel Nunes tem apenas um ponto (Rali Vinho Madeira) para deitar fora, o que faz com que a diferença desça para 10 pontos, o que a exemplo do que sucedeu, no passado fim-de-semana, em Mortágua, na última prova do Campeonato de Portugal, haja muitas contas para fazer.

Indiferente ao duelo entre os candidatos, Pedro Paixão (Skoda Fabia Rally2 Evo) pode ser, pelos pontos “roubados” aos seus adversários, a chave para a decisão do sucessor de Miguel Campos na lista de campeões da Região Autónoma da Madeira.

A derradeira prova do campeonato madeirense arranca esta sexta-feira, com uma dupla passagem pela especial de Vila Coral (2,44 km – 21h00 e 21h23) para terminar, no sábado, com duas passagens pelas classificativas de Raposeira (11,08 km – 11h31 e 14h07) e Ponta do Pargo (9,74 km – 12h10 e 14h46) e três pela prova de classificação da Calheta (7,00 km – 11h01, 13h37 e 15h30)

CLASSIFICAÇÕES DO CAMPEONATO DE RALIS CORAL DA MADEIRA

PILOTOS – 1.º, Alexandre Camacho, 126 pontos; 2.º, Miguel Nunes, 100; 3.º, Pedro Paixão, 90; 4.º Rui Jorge Fernandes, 58; 5.º, José António Camacho, 46; 6.º, Dinarte Baptista, 32; 7.º, Filipe Freitas, 31; 8.º, Rui Alberto Pinto, 25; 9.º, Paulo Mendes, 22; 10.º, Miguel Caires, 19. Estão classificados mais 16 pilotos.

NAVEGADORES – 1.º, Pedro Calado, 126 pontos; 2.º, João Paulo, 100; 3.º, Jorge Henriques, 90; 4.º, João Pedro Freitas, 60; 5.º, Nicodemo Câmara, 48; 6.º, Rui Madeira, 38; 7.º, Daniel Figueiroa, 31; 8.º, Ènio Andrade, 21; 9.º, João Sousa, 20; 10.º, Duarte Lagos, 18. Estão classificados mais 13 navegadores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *