Tiago Reis vence Baja TT Vindimas do Alentejo

Campeão em título iniciou a defesa do ceptro a vencer a Baja TT Vindimas do Alentejo, ronda inaugural do Campeonato de Portugal de Todo-o-Terreno AM I 48, encarando a próxima jornada, a Baja TT ACP – Santiago/Grândola, de 6 a 8 de Março, ainda mais confiante.

(auto.look2010@gmail.com) – Fotos: PHOTOS XTROD E OFICIAIS

O detentor do título nacional de todo-o-terreno, Tiago Reis, navegado por Valter Cardoso, conduziu o Mitsubishi Racing Lancer ao triunfo na Baja TT Vindimas do Alentejo, prova de abertura do Campeonato de Portugal AM I 48 de 2020, disputada em Beja.

Depois de já ter sido o mais rápido no sábado, Tiago Reis foi o mais rápido nos 151 quilómetros cronometrados deste domingo, terminando os 307 quilómetros em 3h53m07,2s, menos 7m30,1s do que os segundos classificados, os espanhóis Luis Recuenco e Victor Rodriguez, em Mini Countryman.

O piloto Manuel Correia, navegado por Miguel Ramalho, terminou entusiasticamente no lugar mis baixo do pódio. Aos comandos de um Mitsubishi HRX Ford, o piloto bracarense ficou a 9m31,7s do vencedor.

«Sabíamos que iríamos ter um sector difícil. Entrámos logo ao ataque. Depois, percebemos que o João (Ramos) tinha tido problemas. Não quer dizer que os outros adversários não sejam fortes, mas esta situação acabou por nos dar alguma vantagem, porque tínhamos os tempos equivalentes. Depois foi gerir a corrida até ao fim e conseguimos vencer», comentou Tiago Reis.

João Ramos e Victor Jesus, em Toyota Hilux, que à partida para o dia deste domingo estava a 26 segundos do vencedor, viram-se obrigados a abandonar a prova pouco depois do arranque para a especial, com um problema no vedante da caixa de velocidades.

Enquanto isso, a dupla Paulo Rui Ferreira e Jorge Monteiro, também em Toyota Hilux, terminou a prova alentejana em quarto lugar, à frente de André Amaral e Nelson Ramos (Ford Ranger), que ficaram no quinto posto apesar de terem capotado a 30 quilómetros do final.

Nuno Matos, navegado por Joel Lutas, fechou a ronda inaugural do campeonato na sexta posição. Apesar de ter rodado com o terceiro melhor registo no troço, o piloto portalegrense, no entanto, voltou a ter problemas com a perda de potência no motor do FIAT FullbackProto,, numa altura em que discutia o quarto lugar da classificação geral.

Alexandre Ré e João Pedro Ré, aos comandos de um Can-Am Maverick, venceram a Classe T3, enquanto Francisco Barreto e Carlos Silva, em Nissan Navara, triunfaram na Classe T8. Já João Ferreira e David Monteiro (Nissan Pathfinder) conquistaram a vitória na Classe T2.

A próxima ronda do Campeonato de Portugal AM I 48 será a Baja TT ACP – Santiago/Grândola, que se disputará entre os dias 6 a 8 de Março.

Partilhe

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificação