Tiago Reis lidera Baja TT Idanha-a-Nova

João Ramos abandonou após 7 km do SS1 com problema na caixa de velocidades na Toyota Hilux, num dia marcado por muita chuva e nevoeiro, dificultando a tarefa das equipas na prova da Escuderia Castelo Branco.

(auto.look2010@gmail.com)

A dupla Tiago Reis/Valter Cardoso é líder da Baja TT Idanha-a-Nova depois de concluídos os primeiros 167,65km de competição. A prova organizada pela Escuderia Castelo Branco, habitualmente realizada sobre intenso calor, fica este ano marcada pela chuva e nevoeiro que baralharam as contas aos pilotos e acabaram por trazer emoções redobradas a quem acompanha a prova.

No prólogo, João Ramos (Toyota Hilux) entrou forte sendo o mais rápido a concluir os 7,03km, em 5m31,3s, seguido de Pedro Dias da Silva (Ford MO EXR05 Proto). Contudo, e quando nada o fazia prever, Ramos teve problemas na caixa de velocidades da sua Hilux logo no início do Sector Selectivo 1, que deixaram o piloto portuense fora da Baja TT Idanha-a-Nova. Um rude golpe nas aspirações do, até então, líder da prova organizada pela Escuderia Castelo Branco.

Com os problemas de Ramos, surgiram oportunidades para outros concorrentes. No início do SS1, Tiago Reis assumia a liderança à passagem pelo primeiro ponto de controlo. Aos comandos de um Mitsubishi Lancer Evolution, o piloto nortenho navegado por Valter Cardoso, mostrava bom andamento sendo seguido de perto por Alexandre Franco (BMW Evo X1). Alexandre Ré (VW Amarok), depois de um furo que o fez perder mais de um minuto no prólogo, rodava entre os mais rápidos no início do SS1 e mostrava que, apesar do infortúnio inicial, estava na Baja TT Idanha-a-Nova para lutar pela vitória.

Contudo, Tiago Reis mostrou-se mais capaz e, mesmo tendo furado no SS1, viria a ganhar o sector selectivo para terminar o dia como líder da Geral com 1m13,6s de vantagem para Pedro Dias da Silva.

«Um dia muito difícil com o piso muito escorregadio onde é muito difícil guiar. Viemos sempre ao ataque mas ao quilómetro 104 tivemos um furo que nos fez perder algum tempo. Recuperámos e vamos para o dia de amanhã para tentar acabar a Baja e dar o nosso melhor», explicou o líder da Geral, Tiago Reis.

Entre os principais concorrentes ao título de campeão nacional, a luta mostrou-se intensa ao longo do dia e promete muita animação para o derradeiro dia de competição. Alexandre Ré e Pedro Dias da Silva, primeiro e segundo das contas do campeonato respectivamente, estão separados por 1m12,7s, ocupando o segundo e terceiro lugares da prova organizada pela escuderia albicastrense, com vantagem para Dias da Silva.

A prova organizada pela Escuderia Castelo Branco prossegue este domingo com a disputa Setor Selectivo 2, que pode ser decisivo no apuramento do campeão nacional de TT. Neste segundo dia os pilotos irão enfrentar 167,10km.

CLASSIFICAÇÃO

AUTO)

1.º Tiago Reis (Mitsubishi Lancer Evolution) – 2h28m30.9s

2.º Pedro Dias da Silva (Ford MO EXR 05 Proto) – a 1m16.3s

3.º Alexandre Ré (Volkswagen Amarok) – a 2m29.0s

Partilhe

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificação