Tiago Monteiro em busca de pontos na Holanda

Uma semana depois da corrida do Slovaka Ring, a caravana do WTCR ruma ao país das tulipas para cumprir, no traçado de Zandvoort, a quarta prova de uma temporada, que não tem corrido bem ao português do Honda Civic.

PEDRO RORIZ (auto.look2010@gmail.com)

O arranque, nas ruas da cidade marroquina de Marrakech foi prometedor, com Tiago Monteiro a entrar na Q3 e a pontuar em duas das três corridas, mas nas duas corridas efectuadas no leste da Europa (Hungria e Esolváquia) o português andou pelo fundo do pelotão e ficou em branco, ficando a sensação de que algo se passa com a equipa (KCMG), que não consegue ter os seus carros tão eficazes com os da ALL-INKL.COM Munnich Motorsport, cujos dois pilotos, os argentinos Nestor Girolami e Esteban Guerrieri, ocupam as duas primeiras posições, ao fim de nove corridas, depois de terem ganho quarto (Nestor Girolami – três e Esteban Guerrieri – uma).

E a comprovar o facto de que algo não vai bem na KCMG, o companheiro de equipa de Tiago Monteiro, o húngaro Attila Tassi, está atrás dele, com 16 pontos.

Em Zandvoort, um traçado conhecido, que está a caminho de regressar ao calendário da F1, em 2020, 35 anos depois do último Grande Prémio da Holanda, como consequência do sucesso de Max Verstappen, Tiago Monteiro espera «”dar a volta”, porque com trabalho e determinação chegamos lá, embora o curto espaço de tempo entre as duas corridas não permita que haja muito tempo para trabalhar no carro», embora não deixe de reconhecer que «temos melhorado, mas ainda não estamos no nível que queremos para atingirmos os nossos objectivos».

Por sua vez, os argentinos Nestor Girolami (Honda Civic) e Esteban Guerrieri (Honda Civic) chegam ao traçado holandês separados por cinco pontos, tendo o húngaro Norbert Michelisz (Hyundai i30 N) e o italiano Gabriele Tarquini (Hyundai i30 N), ambos pilotos da BRC Hyundai N Squadra Corse, como os seus mais directos perseguidores, o que deixa perceber que são estas duas equipas aquelas que melhor e mais depressa se adaptaram à regulamentação em vigor.

CLASSIFICAÇÃO DO CAMPEONATO

PILOTOS – 1.º, Nestor Girolami, 125 pontos; 2.º, Esteban Guerrieri, 123; 3.º, Norbert Michelisz, 102; 4.º, Gabriele Tarquini, 96; 5.º, Thed Bjork, 87; 6.º, Jean-Karl Verney, 85; 7.º, Mikel Azcona, 82; 8.º, Frederic Vervisch. 72; 9.º, Ma Qinghua, 70; 10.º, Yvan Muller, 65; …; 22.º, Tiago Monteiro, 20. Estão classificados mais quatro pilotos.

EQUIPAS – 1.º, ALL-INKL.COM Munnich Motorport, 248 pontos; 2.º, BRC Hyundai N Squadra Corse, 198; 3.º, Cyan Racing Lynk & Co, 152; 4.º, PWR Racing, 113; 5.º, Mulsanne Srl, 109; 6.º, Leopard Racing Team Audi Sport, 107; 7.º, BRC Hyundai N Lukoil Racing Team, 106; 8.º, Comtoyou Team Audi Sport, 94; 9.º, Cyan Performance Lynk & Co, 66; 10.º, Comtoyou DHL Tean Cupra Racing, 53; 11.º, Sébastien Loeb Racing Volkswagen Motorsport, 51; 12.º, KCMG, 36; 13.º, Sébastien Loeb Racing Volkswagen, 17.

Partilhe

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificação