Thierry Neuville fora do Vodafone Rally de Portugal

Em causa está o acidente sofrido pelo piloto belga na sétima das oito especiais que completaram este primeiro dia de prova do Automóvel Club de Portugal (ACP)

(auto.look2010@gmail.com)

O belga Thierry Neuville (Hyundai i20 Coupe WRC) está oficialmente fora do Vodafone Rally de Portugal, depois do acidente sofrido na sétima das oito especiais previstas para este primeiro dia de prova. O belga bateu no morro exterior da pista no troço de Mortágua, perto do quilómetro 15 dos 18 da especial, danificando a suspensão traseira direita do seu Hyundai i20 Coupe WRC.

Apesar de ter podido recolocar o carro nas quatro rodas e terminar o troço, os danos sofridos não permitiam que Thierry Neuville prosseguisse rumo a Lousada, onde foi disputada esta sexta-feira à tarde a superespecial que encerrou o dia.

«Infelizmente, tivemos de abandonar depois de uma nota (de navegação) demasiado optimista na sétima especial», explicou o piloto belga, através da assessoria de imprensa da equipa da marca sul-coreana. Thierry Neuville ocupava a segunda posição na altura do acidente.

«Começámos muito bem esta manhã apesar da nossa posição em pista (segundo) e o objectivo era claramente lutar pela vitória. Estava tudo a correr de acordo com o planeado até este troço. Está feito por hoje», concluiu Thierry Neuville, que ainda poderá regressar à prova este sábado no sistema Super-Rali, com uma penalização.

A equipa acabou por ir buscar o carro a Mortágua e trabalhou bastante para o recuperar a tempo de o piloto alinhar novamente. Thierry Neuville chegou ao Vodafone Rally de Portugal, quarta prova do campeonato do mundo, na segunda posição, com 53 pontos, a oito do líder, o francês Sébastien Ogier (Toyota Yaris). O belga já venceu a prova lusa em 2018.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *