Thierry Neuville comanda o Rali da Suécia

Destaque ainda para o oitavo lugar do finlandês Marcus Gronholm (Toyota Yaris WRC), que não competia no mundial desde 2007.

(auto.look2010@gmail.com)

Thierry Neuville, em Hyundai i20 Coupe WRC

O belga Thierry Neuville, em Hyundai i20 Coupe WRC, é o primeiro líder do Rali da Suécia, segunda prova do campeonato do mundo, depois de vencer esta quinta-feira a super-especial de abertura, em Karlstad. Thierry Neuville gastou 1m34,9s a percorrer os 1.900 metros do traçado, batendo o francês Sébastien Ogier (Citroën C3 WRC) por 0,8 segundos. Os dois rivais enfrentaram-se num duelo individual, pois a organização colocou dois concorrentes de cada vez em pista e foram os mais rápidos. O norueguês Andreas Mikkelsen (Hyundai i20 Coupe WRC) fechou os lugares do pódio a 1,1 segundos de Neuville, que enfrentou fantasmas antigos. Há dois anos, neste mesmo troço, deu um toque que lhe custou a vitória.

«Sabemos o que é perder aqui o rali e, também, ganhá-lo. Vai ser um fim-de-semana complicado, mas sinto-me confortável com o carro», explicou o piloto belga no final da super-especial.

Sébastien Ogier, em Citroën C3 WRC

O estónio Ott Tanak (Toyota Yaris WRC) foi o quarto, a 1,9s de Thierry Neuville, com o finlandês Jari-Matti Latvala (Toyota Yaris WRC ) em quinto, ele que se tornou no piloto a alinhar em mais ralis na história do WRC, com 197 presenças.

«Senti alguma pressão mas agora está feito e posso relaxar», admitiu Jari-Matti Latvala.

O oitavo lugar de Marcus Grönholm, aos comandos de um Toyota Yaris WRC, a 4,1 segundo do líder, é motivo de regozijo para o piloto finlandês que já não alinhava numa prova do WRC desde 2007. A sua prestação ganha ainda mais relevo a partir do momento que o engenheiro do seu Toyota Yaris WRC é visto e revisto pelo português Rui Soares, que se transferiu da sul-coreana Hyundai Motorsport para a nipónica Toyota Gazoo Racing WRC

Andreas Mikkelsen, em Hyundai i20 Coupe WRC

Natural de Aguiar da Beira, Rui Soares esteve nos últimos anos na Hyundai, ao lado de pilotos como Hayden Paddon e Andreas Mikkelsen, mas agora está de “pedra e cal” com Marcus Gronholm. O oitavo lugar do finlandês é um bom presságio para o jovem engenheiro beirão-

Esta sexta-feira, o Rali da Suécia prossegue com a realização de mais sete especiais.

 

 

 

CLASSIFICAÇÃO GERAL (APÓS UMA ESPECIAL)

1.º Thierry Neuville (Hyundai i20 Coupe WRC), 1m34,9s

2.º Sébastien Ogier (Citroën C3 WRC), a 0,8s

3.º Andreas Mikkelsen (Hyundai i20 Coupe WRC), a 1,1s

4.º Ott Tänak (Toyota Yaris WRC), a 1,9s

5.º Jari-Matti Latvala (Toyota Yaris WRC), a 2s

6.º Teemu Suninen (Ford Fiesta WRC), a 2,7s

7.º Esapekka Lappi (Citroën C3 WRC), a 3s

8.º Marcus Grönholm (Toyota Yaris WRC), a 4,1s

9.º Kris Meeke (Toyota Yaris WRC), a 4,4s

10.º Eerik Pietarinen (Skoda Fabia WRC), a 4,4s

11.º Pontus Tidemand (Ford Fiesta WRC), a 4,8s

12.º Elfyn Evans (Ford Fiesta WRC), a 4,8s

Partilhe

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificação