Terranova vence etapa na véspera do descanso

O argentino Orlando Terranova (BRX Prodrive Hunter) venceu hoje a sexta etapa dos carros da 44.ª edição do rali Dakar de todo-o-terreno, disputada em Riade, na Arábia Saudita, num dia em que o qatari Nasser Al-Attiyah (Toyota) reforçou o comando.

PEDRO RORIZ E CARLOS SOUSA (auto.look2010@gmail.com)

Primeira vitória do ano para o argentino Orlando Terranova (Prodrive Hunter), que não vencia uma etapa desde 2015, à frente do sueco Mattias Ekstrom (Audi RS Q e-tron), que salvou a honra da marca alemã, uma vez que o espanhol Carlos Sainz (Audi RS Q e-tron) e o francês Stéphane Peterhansel (Audi RS Q e-tron) perderam mais de 40 minutos para o argentino.

Orlando Terranova concluiu os 346 quilómetros cronometrados com o tempo de 3h06m45s, deixando o sueco Mathias Ekstrom (Audi) no segundo lugar, a 1m06s, com o saudita Yazeed Al Rajhi (Toyota) em terceiro, a 1m49s.

Apesar de estar em modo de gestão, o qatari Nasser Al-Attiyah (Toyota GR DKR Hilux), como o demonstra o facto de ter sido 10.º no Sector Selectivo, aumenta, de dia para dia, a vantagem sobre os seus perseguidores, aproveitando os erros que cometem.

Erros de navegação custaram ao francês Sébastien Loeb (Prodrive Hunter), que era o seu mais directo perseguidor, mais 21 minutos de atraso, a queda para terceiro da geral e lançam a dúvida se a troca de navegador foi proveitosa.

O monegasco Daniel Elena, companheiro de Sébastien Loeb ao longo de quase toda a carreira do piloto, nela se incluindo os nove títulos mundiais de ralis, foi afastado, por David Richards, o patrão da Prodrive, por considerar que o monegasco tinha dificuldades na navegação no deserto.

Pelos vistos o belga Fabien Lurquin também os comete e ainda não será desta que Sébastien Loeb inscreve o seu nome na lista de vencedores da prova.

Foi o saudita Yazzed Al Rahji (Toyota Hilux Overdrive) que aproveitou os erros do duo franco-belga e ascendeu ao segundo lugar, já mais de 50 minutos do comandante e com seis segundos de avanço sobre Sébastien Loeb.

Décimo-primeiro no Sector Selectivo, o lituano Vaidotas Zala (Mini John Cooper Works Rally), que é navegado pelo português Paulo Fiuza, passou a fechar o “top ten” da geral. De assinalar que no lote dos 10 mais rápidos da etapa aparecem muitas duplas que o fazem pela primeira vez.

Por sua vez, Miguel Barbosa (Toyota Hilux Overdrive), 50.º no SS, continua a subir na classificação e ascendeu ao 36.º lugar da geral.

AMANHÃ É DIA DE DESCANSO

Amanhã é dia de descanso para pilotos e máquinas e de intenso trabalho para as equipas de assistência que têm de reparar os estragos provocados por uma semana de competição, com a competição a recomeçar, no domingo, com a ligação entre Riyahd e Al Dawadimi, que abre a derradeira semana da competição.

CLASSIFICAÇÕES

SECTOR SELECTIVO

AUTOMÓVEIS – 1.º, Orlando Terranova/Daniel Oliveras (Prodrive Hunter), 3.06’45”; 2.º, Mattias Ekstrom (Audi RS Q e-tron), a 1’06”; 3.º, Yazeed Al Rahji/Michael Orr (Toyota Hilux Overdrive), a 1’49”; 4.º, Brian Baragwanath/Leonard Cremer (Century CR6), a 3’06”; 5.º, Nani Roma/Alex Haro (Prodrive Hunter), a 3’34”; 6.º, Bernhard Tem Brinke/Sébastien Delauney (Toyota Hilux Overdrive), a 4’06”; 7.º, Shammer Variawa/Danie Stassen (Toyota Hilux), a 4’06”; 8.º, Martin Prokop/Viktor Chtyka (Ford Raptor RS Cross Country), a 5’45”; 9.º, Wei Han/Li Ma (SMG HW202), a 5’58”; 10.º Nasser Al-Attuyah/Mathias Baumel (Toyota GR DKR Hilux), a 6’16”; 11.º, Vaidotas Zala/Paulo Fiuza (Mini John Cooper Works Rally), a 6’53”; …; 50.º, Miguel Barbosa/Pedro Velosa (Toyota Hilux Overdrive), a 1.05’06”

SSV – 1.º, Marek Gozcal/Lukasz Laskawiec (BRP CAN-AM Maverick XRS), 3.39’24”; 2.º, Rodrigo Luppi de Oliveira/Maykel Justo (BRP CAN-AM Maverick XRS), a 3’04”; 3.º, Sergei Kiriakin/Anton Vlasiuk (BRP CAN-AM Maverick), a 3’06”; 4.º, Rokas Baciuska/Oriol Mena (BRP Maverick CAN-AM XRS), a 4’30”; 5.º, Austin Jones/Gustavo Gugelmin (BRP CAN-AM Maverick XRS), a 5’33”; …; 12.º, Luís Portela de Morais/David Megre (BRP CAN-AM Maverick XRS) a 16’56”; …; 32.º, Rui Oliveira/Fausto Mota (BRP CAN-AM Maverick XDS) a 41’30”

GERAL

Automóveis – 1.º Nasser Al-Attiyah/Mathias Baumel (Toyota GR DKR Hilux), 20.37’24”; 2.º, Yazeed Al Rahji/Michael Orr (Toyota Hilux Overdrive), a 50’19”; 3.º, Sébastien Loeb/Fabian Lurquin (Prodrive Hunter), a 50’25”; 4.º, Lucio Alvarez/Armand Monleon (Toyota Overdrive Hilux), a 1.06’58”; 5.º, Jakub Przygonski/Timo Gottschalk (Mini John Cooper Works Buggy), a 1.16’25”; 6.º, Vladimir Vasilyev/Oleg Uperenko (BMW X5) a 1.22’08”; 7.º, Orlando Terranova/Daniel Oliveras (Prodrive Hunter), a 1’24’00”; 8.º, Martin Prokop/Viktor Chytka (Ford Raptor RS Crosscountry), a 1.30’30”; 9.º, Sebastian Halpern/Bernard Graue (Mini John Cooper Works), a 1.37’25”; 10.º, Vaidotas Zala/Paulo Fiuza (Mini John Cooper Works Rally), a 2.11’17”; …; 36.º, Miguel Barbosa/Pedro Velosa (Toyota Hilux Overdrive), a 7.42’01”

SSV – 1.º, Rodrigo Luppi de Oliveira/Maykel Justo (BRP CAN-AM Maverick XRS), 25.04’01”; 2.º, Austin Jones/Gustavo Gugelmin (BRP CAN-AM Maverick XRS), a 6’56”; 3.º, Michal Gozcal/Szymin Gospodarczyk (BRP CAN-AM Maverick XRS), a 28’06”; 4.º, Gerard Farres Guell/Diego Ortega Gil (BRP CAN-AM Maverick XRS), a 29’08”; 5.º, Rokas Baciuska/Oriol Mena (BRP CAN-AM Maverick XRS), a 46’26”; …; 9.º, Luís Portela de Morais/David Megre (BRP CAN-AM Maverick XRS) a 2.58’57”; …; 21.º, Rui Oliveira/Fausto Mota (BRP CAN-AM Maverick XDS) a 5.12’31”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *