Temperatura subiu com o RX em Terras do Barroso

Para hoje, sábado, estavam previstos os treinos e as duas primeiras corridas de qualificação, sendo estes primeiros momentos de avaliar o nível de andamento de cada piloto, bem como para começar a ensaiar as estratégias para as corridas decisivas deste domingo.

(auto.look2010@gmail.com)

Foi com um radioso e quente dia de Verão que Montalegre recebeu a caravana do Campeonato de Portugal de Ralicross by Diatosta para a disputa da segunda prova da temporada. No entanto, não foi tudo Verão, porque ao final da tarde uns chuveiros intermitentes baralharam momentaneamente as escolhas de pneus e afinações.

A prova do Clube Automóvel de Vila Real disputa-se sem público, por indicação das autoridades de saúde. Porém, isso não impediu que os pilotos estivessem em grande nível com lutas animadas, isto numa pista que foi regada frequentemente na sua secção de piso de terra para minimizar o pó.

Para o dia de sábado estavam previstos os treinos e as duas primeiras corridas de qualificação, sendo estes primeiros momentos de avaliar o nível de andamento de cada piloto e de cada máquina, bem como para começar a ensaiar as estratégias para as corridas decisivas de domingo.

No Campeonato de Iniciados, Rafael Rego impôs o Citroën Saxo ao Peugeot 106 de Gonçalo Rocha, com cada um dos pilotos a conseguir ser o melhor em cada uma das corridas de qualificação. A posição de Rafael Rego na segunda corrida (Q2) foi conseguida com bastante suor para se defender dos ataques de Gonçalo Novo que, no cômputo das duas qualificações, está no 3.º posto.

Na Nacional 2RM, Adão Pinto com o Opel Astra está na frente, fruto de uma vitória na segunda qualificação e um 2º posto na primeira. Bruno Campos é o 2.º graças à sua prestação na qualificação inicial (Q1) onde impôs o Peugeot 306. Celmo Guincho terminou as qualificações melhor do que começou e graças a isso coloca o Renault Clio no 3.º posto.

Nos Super1600 a presença do suíço Yuri Belevskiy com o Audi A1 da Volland Racing veio colocar os pilotos lusos em sentido. Foi o mais rápido nas duas qualificações e lidera no final do primeiro dia. Jorge Machado consegue colocar o Citroën C2 no 2.º posto fruto da regularidade e de uma boa Q2. André Sousa está no 3.º posto com o Peugeot 207.

João Ribeiro foi quem mais perto andou de Belevskiy, mas o abandono na Q1 quando se soltou uma roda do Skoda Fabia penaliza-o no cômputo das duas tiradas qualificativas. O chuveiro que caiu a meio da Q2 penalizou alguns pilotos, entre eles Leonel Sampaio que na chuva não conseguiu repetir a boa exibição na Q1 e está no 6.º posto. Iguais palavras para Mário Barbosa que tem o Citroën Saxo colocado no 4.º posto.

Na Nacional 1.6, Leandro Macedo está na frente com o Citroën Saxo. André Ferreira posiciona o Peugeot 106 imediatamente a seguir, fruto da vitória na Q2 que compensou o desempenho menos bom na qualificação inicial. Rafael Rocha, em Citroën Saxo, é o 3º classificado.

Nos SuperCar a Q1 fez uma razia no pelotão. José Lameiro ficou após a partida com o motor do Skoda Fabia partido. Joaquim Santos teve azar mais tarde pois ainda rodou na 2.ª posição até problemas de electrónica o obrigarem a parar. Nas partidas das duas corridas Oscar Ortfeldt  desentendeu-se com o Launch Control do Ford Fiesta e comprometeu logo aí o desempenho, mas somou dois segundos lugares no final.

O húngaro Tamas Karai esteve noutra dimensão com duas vitórias tranquilas que colocam o Audi S1construido pela sua equipa a liderar no final deste primeiro dia. Foi um bom início nesta prova que serve de teste para o Campeonato Europeu que irá disputar.

Quando ao Portugal de Kartcross by Diatosta, campeonato com o maior número de pilotos e máquinas que integra o Ralicross, não pode, nem deve, ser alheada, até pela qualidade dos participantes em acção. Em Montalegre, os pilotos de Coimbra e Nelas, Pedro Rosário e Alexandre Borges, respectivamente, repartiram os sucessos na Q1 e Q2 tripulando os Semog Bravo. No final, e após a contabilização, Pedro Rosário usufrui de uma pequena vantagem para Alexandre Borges. Sérgio Castro, em ASK Evo, encontra-se na terceira posição.

No Troféu Júnior de Kartcross by Diatosta o espanhol Hugo Bueno repetiu a competitividade já evidenciada em Lousada. Dominou as duas qualificações com o Kincar 600. Miguel González com o Semog Bravo é 2.º e Yésica Santalla, 3.º, ocupando os lugares do pódio a meio desta jornada.

Para este domingo estão reservadas as qualificações restantes e as decisivas meias-finais, mas principalmente as muito aguardadas finais. A Go.Now mantém o trabalho de promoção iniciado em Lousada, e como tal podem acompanhar a transmissão em directo das provas no canal de Facebook  https://www.facebook.com/ralicrossportugal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *