Team Habimóvel AS Racing focado no Rali Alitém

Se no dia-a-dia “A arte de bem trabalhar a madeira” é o lema, para hoje e amanhã, segunda edição do Rali Alitém – A Oficina, o Team Habimóvel AS Racing e equipas a “solo” patrocinadas pela Habimóvel têm “A arte de bem conduzir” na região de Pombal e Albergaria dos Doze.

CARLOS SOUSA (carlos.sousa@autolook.pt)

As emoções do Desafio Kumho Terra (DKT) estão centradas no Rali Alitém 2019 – “A Oficina”, com toda a “armada” desembaraçada para “dobrar” o cabo do “Bom Bodo” na região de Pombal e que se estende a Albergaria dos Doze. Na prova regional do Penela Race Events Club, candidata ao Campeonato Centro de Ralis, estão inscritas as equipas do Team Habimóvel AS Racing, todas na Divisão 2, mas com naturais ambições de primeira.

 

António Santos

António Santos, que neste desafio terá Tiago Neves no banco direito do Opel Kadett GSI 2.0 16V, está perfeitamente enquadrado com a realidade dos valores em presença na prova pombalense, mas também modelarmente capaz de fazer uma excelente prestação, não só pelo entusiasmo que emprega em cada prova que participa, mas também pelo andamento que imprime para o levar mais longe.

«Já tive a oportunidade de fazer este rali e, por isso, temos naturalmente algumas referências das especiais», começou por analisa António Santos, garantindo que «o nosso objectivo é andar nos lugares da frente, pelo que é de capital importância de entrar rapidamente no ritmo ideal para lutarmos por esse desiderato».

«Para este rali vou fazer equipa com outro amigo – face ao impedimento para este compromisso do habitual navegador Tiago Silva, o piloto de Vila Nova de Poiares viu-se na contingência de “recrutar” Tiago Neves para “municiar” notas e coordenadas –, mas confesso que tivemos uma sessão de testes produtivos, onde pudemos também trabalhar mais algumas afinações que tornam o Opel Kadett GSI 2.0 16V ainda mais competitivo na terra», sustentou António Silva.

 

Luís Almeida

Já Luís Almeida, que volta a ser navegado por Ricardo Bettencourt no Fiat Punto HGT, também está operacional para esta acção de cariz competitivo. Apesar da sua estreia absoluta em ralis ter sido nesta temporada, o piloto de Vila Nova de Poiares tem elevadas expectativas para a prova do Penela Race Events Club.

«Vamos ter pela frente uma prova com muitos pilotos inscritos e com muito público que, normalmente, “tomam de assalto” esta região, pelo que estamos perfeitamente conscientes de que teremos pela frente um desafio bastante difícil, mas preparados para dar o nosso melhor, como é nosso apanágio. O Team Habimóvel AS Racing está cada vez mais entrosado e, nesta prova, teremos nova oportunidade para o demonstrar, com o objectivo, também, de recompensar quem nos apoio, dignificando-os em todas as curvas e rectas», sublinhou Luís Almeida que conduz o Fiat Punto HGT com o número 15 nas portas.

Refira-se que a Habimóvel, empresa privada e independente que se dedica ao sector das madeiras, mais propriamente à construção de casas de madeira e localizada em Vila Nova de Poiares, volta a apoiar dois valores poiarenses com créditos firmados no panorama do automobilismo e dos ralis em particular. Trata-se Armando Carvalho, navegado por Ana Santos no Mitsubishi Lancer Evo V com o número 2, e Gonçalo Henriques, coadjuvado por Tomás Branco no Renault Clio com o número 7 nas portas.

Duas equipas muito promissoras para esta prova e que se enquadram na empresa que também fez uma forte aposta na especialização da fabricação de casas móveis, tendo sido a primeira empresa em Portugal a fazer um registo de habitações móveis com rodas “Habimóvel” e tendo por lema “A arte de bem trabalhar a madeira”.

Individualmente ou todos juntos, tanto os pilotos do Team Habimóvel AS Racing como os dois a “solo”, têm “a arte de bem dosear o volante” para também atingirem a satisfação máxima dos fãs e público em geral.

Cumpridos os reconhecimentos, o programa desportivo inicia-se hoje. Com partida do Parque Fechado, na Praça eng.º Guilherme Santos, às 15h00, a primeira acção de cariz competitivo está agendada para as especiais de S. Simão 1 e 2 (6,16 km) às 15h38 e 17h26, estando reservada a super-especial nocturna de Pombal A e B (1,36 km), às 21h29 e 22h29.

Para amanhã, a partida do Parque Fechado, na Praça eng.º Guilherme Santos, está marcada para as 9h30, com os pilotos a cumprirem mais quatro especiais, com dose dupla de Albergaria dos Doze 1 e 2 (12h12, às 9h58 e 12h06, e Santiago de Lintém 1 e 2 (14,83 km), pelas 10h36 e 12h47. Depois de uma curta passagem pelo Parque de Assistência, no Lagar antigo, a chegada do primeiro concorrente ao pódio terá lugar às 13h52, após 193,77 km, 68,94 km dos quais em provas especiais de classificação.

Partilhe

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificação