Team Consilcar com desfecho inglório na Hungria

Um evento de total descoberta que acabaria por ter um desfecho inglório, com a equipa portuguesa a ser forçada a abandonar no segundo de três dias de prova, na sequência de um problema mecânico na Ford Ranger Proto.

(auto.look@autolook.pt)

O Team Consilcar rumou no último fim de semana à Hungria para disputar a quarta jornada da Taça da Europa FIA de Todo-o-Terreno Bajas. Um palco onde a equipa, representada no terreno por Edgar Condenso e Carlos Silva, fazia a sua estreia.

A equipa evidenciou um bom ritmo desde início, com um 5.º lugar nos 7,31 quilómetros do Setor Seletivo 1, seguido de um 7.º tempo nos 138,04 quilómetros do Setor Seletivo 2. Tiradas onde a dupla lusitana soube contornar em pista problemas com a pressão do turbo, que voltaram a condicionar a performance da Ford Ranger Proto.

«É uma situação com a qual nos temos vindo a debater e que naturalmente nos obriga a ter o carro mais solto e a arriscar mais, a fim de minimizarmos esta questão. Neste contexto, estamos bastante satisfeitos com o andamento evidenciado até aqui», sublinhou Edgar Condesso.

Já no Setor Seletivo 3, numa altura em que a equipa recuperava posições e estava novamente no 5.º lugar da classificação geral, problemas mecânicos acabariam por ditar o abandono: «Foi uma estreia com um desfecho diferente daquele que gostaríamos. No entanto, permitiu-nos acumular experiência, rodar em trilhos totalmente desconhecidos para nós, evoluir e divertirmo-nos bastante, que é o mais importante. Quero também deixar uma palavra de agradecimento ao Carlos Silva, por todo o empenho e trabalho ao longo de mais um exigente fim de semana para todos», acrescentou.

A acompanhar a equipa do lado de fora, Nuno Silva destacou o percurso internacional da equipa esta época: «Baja TT Dehesa Exremadura, Rali da Grécia, Baja de Itália, Baja España Aragón e agora Baja da Hungria. Tem sido um ano pautado por um trajeto que muito nos orgulha e que nos tem permitido elevar a novos patamares a imagem do Team Consilcar e de todos os seus patrocinadores, a quem agradecemos mais uma vez todo o apoio e confiança. Um obrigado naturalmente extensível a toda a nossa equipa, famílias, amigos e adeptos, que estão connosco em todos os momentos. Muito obrigado a todos».

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.