Tänak vence em casa e sobe a 3.º no Mundial

O piloto estónio venceu hoje o Rali da Estónia, quarta prova do Mundial – que continua a ser liderado pelo francês Sébastian Ogier – e primeira após a interrupção do campeonato devido à pandemia da Covid-19.

PEDRO RORIZ (auto.look2010@gmail.com)

Na sequência do que sucedera no dia anterior a Hyundai viu o estónio Ott Tanak (Hyundai i20 Coupé WRC) assegurar o triunfo, sendo o quarto piloto a fazê-lo noutras tantas provas, juntando-se ao belga Thierry Neuville (Monte Carlo), ao inglês Elfyn Evans (Suécia) e ao francês Sébastien Ogier (México), e o irlandês Craig Breen (Hyundai i20 Coupé WRC) o segundo lugar, à frente de Sébastien Ogier (Toyota Yaris WRC).

 

Ao terminar no último lugar do pódio, Sébastien Ogier manteve a liderança do Mundial, com 79 pontos, mais nove do que o vice-campeão e companheiro de equipa, o inglês Elfyn Evans, quarto classificado na Estónia, enquanto Tänak, subiu da quinta para a terceira posição, com 66 pontos, num dia em que se realizaram seis especiais e ainda a “power stage”, em Tartu.

O grande derrotado do fim-de-semana, após seis meses de paragem forçada da competição devido à pandemia, foi o belga Thierry Neuville (Hyundaii20 Coupé WRC), que no sábado foi forçado a abandonar, face a um problema na roda traseira direita, na sétima prova especial de classificação.

Contudo, a figura do rali foi o finlandês Kalle Rovampera (Toyota Yaris WRC), quinto da geral, em consequência de um minuto de penalização, aplicado pelo Colégio de Comissários, por o navegador não ter tirado uma placa do radiador, antes do controlo, só o tendo feito dentro da zona de controlo, o que é proibido, a duas especiais do dia de ontem, uma vez que, sem esse minuto, teria terminado em segundo e impedido o 1-2 da marca sul-coreana e, sem o tempo perdido comum furo, podia ter posto em causa o triunfo de Ott Tanak, que pela primeira vez triunfou ao volante de um Hyundai.

E mostrando que tinha andamento para ter discutido o triunfo até ao fim, o finlandês foi o mais rápido na “Power Stage”, arrecadando os respectivos cinco pontos.

FICHA DA PROVA

Rali – Estónia

Data – 4/6 de Setembro

Organizador – Estonian Autosport Events MTU

Estrutura – 871,89 km divididos por três etapas: Tartu – Tartu (5,64 km); Tartu – Tartu (509,32 km); Tartu – Tartu (356,93 km)

PC – 17 (1 + 10 + 6)

Extensão das PC – 232,64 km (1,28 km + 146,40 km + 84,96 km)

Percentagem das PC – 26,68 %

Inscritos – 60 (13 RC1, 31 RC2, 16 RC4)

Participantes – 59 (13 RC1, 31 RC2, 15 RC4)

Classificados – 44 (9 RC1, 24 RC2, 11 RC4)

Comandantes sucessivos

Absoluto – Esapekka Lappi e Sébastien Ogier, na 1.ª PC; Kalle Rovampera, na 2.ª PC; Ott Tanak, da 3.ª à 17.ª PC

RC1 – Esapekka Lappi e Sébastien Ogier, na 1.ª PC; Kalle Rovampera, na 2.ª PC; Ott Tanak, da 3.ª à 17.ª PC

RC2 – Mads Ostberg, na 1.ª PC; Egon Kaur, na 2.ª e 3.ª PC; Oliver Solberg, da 3.ª à 17.ª PC

RC4 – Sami Pajari, na 1.ª PC; Tom Kristensson, na 2.ª PC; Martins Sesks, na 3,ª PC; Robert Virves, da 4.ª à 14.ª PC; Martins Sesks, da 15.ª à 17.ª PC

Vencedores

Absoluto – Ott Tanak/Martin Jarveoja Gilsoul (Hyundai i20 Coupé WRC)

RC1 – Ott Tanak/Martin Jarveoja Gilsoul (Hyundai i20 Coupé WRC)

RC2 – Oliver Solberg/Aaron Johnston (VW Polo GTi R5)

RC4 – Martins Sesks/Renars Francis (Ford Fiesta Rally4)

CLASSIFICAÇÃO

POS. EQUIPA CARRO TEMPO
1.º Ott Tanak/Martin Jarveoja Hyundai i20 Coupé WRC 1.59’53,6″
2.º Craig Breen/Paul Nagle Hyundai i20 Coupé WRC a 22,2″
3.º Sébastien Ogier/Julien Ingrassia Toyota Yaris WRC a 26,9”
4.º Elfyn Evans/Scott Martin Toyota Yaris WRC a 41,9″
5.º Kalle Rovampera/Jonne Halttunen Toyota Yaris WRC a 1’18,7″
6.º Teemu Suninen/Jarmo Lehtinen Ford Fiesta WRC a 2’39,6″
7.º Esapekka Lappi/Janne Ferm Ford Fiesta WRC a 2’52,0″
8.º Gus Greensmith/Elliot Edmondson Ford Fiesta WRC a 4’53,8″
9.º Oliver Solberg/Aaron Johnston VW Polo GTi R5 a 7’38,6″
10.º Mads Ostberg/Torstein Eriksen Citroen C3 R5 a 8’17,3″

OS MAIS RÁPIDOS

1.º 2.º 3.º 4.º 5.º 6.º
Kalle Rovampera 5 6 3 0 1 0
Sébastien Ogier 5 1 1 5 2 3
Ott Tanak 3 5 6 1 2 0
Craig Breen 2 3 3 5 4 0
Elfyn Evans 1 1 5 2 6 0
Thierry Neuville 1 0 1 2 1 1
Esapekka Lappi 1 0 0 0 0 1
Takamoto Katsuta 0 0 0 0 1 7
Teemu Suninen 0 0 0 0 0 4
Mads Ostberg 0 0 0 0 0 1

CLASSIFICAÇÕES DOS “MUNDIAIS”

PILOTOS – 1.º, Sébastien Ogier 79 pontos; 2.º Elfyn Evans, 70; 3.º Ott Tanak, 66; 4.º Kalle Rovampera, 55; 5.º Thierry Neuville, 42; 6.º Teemu Suninen, 34; 7.º Esapekka Lappi, 30; 8., Craig Breen, 25; 9.º Sébastien Loeb, 8; 10.º Takamoto Katsuta, 8; 11.º Pontus Tidemand, 8; 12.º Nikolay Gryazin, 6; 13.º Gus Greensmith, 6; 14.º Marco Bulacia Wilkinson, 4; 15.º Oliver Solberg, 3; 16.º Eric Camilli, 2; 17.º Mads Ostberg, 2; 18.º Jari Huttunen, 1; 18.º, Ole Christian Veiby, 1

CONSTRUTORES – 1.º Toyota Gazoo Racing World Rally Team, 137 pontos; 2.º Hyundai Shell Mobis World Rally Team, 132; 3.º M-Sport Ford World Rally Team, 83

Próxima prova – Rally Turkey Marmaris de 18 a 20 de Setembro..

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: