Tanak e Ogier lutam pelo título na Catalunha

O piloto estónio, que em Junho venceu o Vodafone Rali de Portugal, tem 28 pontos de vantagem no campeonato para o francês quando já só estão 60 em disputa. Rali da Catalunha vai estar ao rubro.

(auto.look2010@gmail.com)

O estónio Ott Tanak (Toyota Yaris WRC) pode assegurar o primeiro título mundial de ralis da carreira no próximo compromisso, na Catalunha, se conquistar mais dois pontos do que o francês Sébastien Ogier (Citroën C3 WRC). O piloto estónio, que em Junho venceu o Vodafone Rali de Portugal, tem 28 pontos de vantagem no campeonato quando já só estão 60 em disputa nas duas provas que faltam, na Catalunha a partir desta quinta-feira, e na Austrália, três semanas depois.

Aos 32 anos, festejados no passado dia 15 de Outubro, Ott Tanak pode assegurar, desde já, um lugar na história da modalidade, pois a sua conquista significa o ponto final na caminhada triunfante de Sébastien Ogier, que dura há seis anos. A série do gaulês é a segunda mais longa da história. Apenas o alsaciano Sébastien Loeb tem mais títulos (nove) consecutivos, de 2004 a 2012.

Para além disso, há 25 anos que um piloto da Toyota não consegue ser campeão mundial, já que o último foi o francês Didier Auriol, em 1994. Mas, para conseguir festejar já no domingo, Ott Tanak terá de ficar à frente de Sébastien Ogier. Se vencer, é campeão de qualquer forma, mesmo que o francês seja o mais rápido na “power stage”, que distribui cinco pontos pelos cinco mais rápidos, e Ott Tanak ficar abaixo do quinto posto na derradeira especial do rali.

Caso não consiga vencer, a Ott Tanak basta ser oitavo, se Sébastien Ogier fizer ainda pior. Se o piloto da Citroën não pontuar, o nono lugar é suficiente para o estónio festejar. Em alternativa, tem de ser pelo menos quarto na “power stage”. De resto, desde que fique à frente de Sébasten Ogier, será campeão, se o francês não fizer melhor na “power stage”.

Em 12 provas já disputadas, o piloto da Toyota já conta seis vitórias (Suécia, Chile, Portugal, Finlândia, Alemanha e Grã-Bretanha). Por seu lado, Sébastien Ogier soma apenas três triunfos esta época, contra dois do belga Thierry Neuville (Hyundai i20 WRC) e outro do espanhol Dani Sordo (Hyundai i20 WRC). Em caso de empate pontual, o título fica para o piloto com maior número de vitória na temporada.

Partilhe

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificação