Super Seven by Toyo Tires no Algarve Classic Festival

Após as duas emotivas sessões de qualificação que tiveram lugar na sexta-feira, a comitiva do Super Seven by Toyo Tires regressou este sábado ao Autódromo Internacional do Algarve para a primeira corrida da sua jornada extracampeonato no circuito portimonense.

(auto.look2010@gmail.com) – Fotos: JON BRYANT / SNAPPY RACERS

Com 35 carros em pista e a companhia dos pilotos da 7 Race Series promovida pela McMillan Motorsport, a primeira contenda do evento integrado no fantástico Algarve Classic Festival foi vencida por Jon Mitchell na categoria 420R e por Jay McCormack na classe 275R.

Como habitualmente no Troféu promovido pela CRM Motorsport e nas corridas partilhadas com os pilotos das duas séries, os 25 minutos desta primeira contenda foram extremamente aguerridos, com inúmeras trocas de posição.

A chuva que se abateu sobre o circuito contribuiu, ainda mais, para a emoção vivida, e com fortes indicações de que as condições climatéricas se irão manter durante todo o fim-de-semana, existe a real possibilidade de o cenário se repetir na derradeira corrida do programa desportivo.

FINAL DE SONHO

Apesar de saírem da primeira linha da grelha, Nuno Afonso e J. J. Magalhães foram “engolidos” pelo numeroso pelotão britânico logo na primeira volta da corrida. O mesmo sucedeu com Diogo Costa, que largou do 4.º lugar. Os três pilotos portugueses rodavam entre os sete primeiros e mantinham-se bem posicionados para ascender aos lugares do pódio. Mas nada puderam fazer contra o eventual vencedor, que demonstrou estar à vontade nas condições de chuva copiosas em que o piso se encontrava.

Após uma interessante batalha contra Mark Stansfield, Jon Mitchell ascendeu ao comando para nunca mais o largar, garantindo uma vantagem confortável para os rivais até à entrada do safety-car.

Motivada pelo despiste de Dominic Geary, que se despistou na curva 7 quando restava sensivelmente um terço do tempo regulamentar, a interrupção da corrida traduziu-se num final de sonho para esta primeira corrida do fim-de-semana.

Com os Caterham novamente agrupados, assistiu-se a uma luta sem tréguas pelo pódio, e com ela, a uma ultrapassagem de sonho de J. J. Magalhães a Clive Richards, com o piloto do Team Nuorte a assegurar que as cores portuguesas marcavam presença na celebração dos três primeiros classificados da categoria 420R. Diogo Costa classificou-se na 9.ª posição; Nuno Afonso, no 12.º lugar; Duarte Lisboa no 14.º e Ricardo Pedrosa no 19.º.

Na categoria 275R, o pole-sitter Jay McCormack surpreendeu e muito com o seu andamento. Terminou no 8.º lugar da geral e chegou a rodar em 5.º, o que diz tudo sobre a exibição demonstrada ao volante do Caterham #25. Classificaram-se no 2.º e 3.º lugares Oliver Gibson e Michael O’Reilley.

A fazer a sua estreia no Troféu monomarca promovido pela CRM Motorsport, Gonçalo Nobre da Veiga cumpriu o objectivo de se divertir ao volante do carro, realizando uma prova muito sólida e em franca evolução no que aos tempos diz respeito. Já Dominic Geary viu a sua classificação afetada pela saída de pista mencionada.

Concluída esta primeira contenda, os pilotos do Super Seven by Toyo Tires e da 7 Race Series desfrutarão agora de um merecido descanso antes do regresso, este domingo, ao Autódromo Internacional do Algarve, para a segunda corrida do fim-de-semana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *