Spirit of Speed: motos raras no Estoril Classics

Peças únicas que os seus proprietários fazem questão de utilizar em modo “track day”, podem ser apreciadas, este fim-de-semana, no “paddock” do Autódromo do Estoril. Trata-se de exemplares do grupo Amicale Spirit Of Speed, o maior clube europeu de motos clássicas de corrida.

(auto.look2010@gmail.com)

Esta poderá ser uma oportunidade quase única para poder ver de perto (e em pista em modo de exibição) motos repletas de história e de elevado valor, como por exemplo a Yamaha YZR 500 0WF2 de fábrica pilotada por Wayne Rainey em 1993, a Suzuki 500 RGV XR84 de Kevin Schwantz em 1994, a Honda NSR-V2 de Garry McCoy de 1998 ou a Ducati GP6 motoGP 990 de Sete Gibernau em 2006.

São peças únicas que os seus proprietários fazem questão de utilizar em modo “track day” e que pode ver de perto no “paddock” do Autódromo do Estoril este fim-de-semana. A gigante tenda que vai receber as cerca de 50 motos históricas vai servir de palco de exposição para o público poder ver de perto e apreciar pedaços de história do mundo motorizado das duas rodas.

Estas motos pertencem ao grupo do Amicale Spirit Of Speed, o maior clube europeu de coleccionadores de motos clássicas de corrida, que participa nos maiores eventos clássicos europeus. Portanto, será um prazer e uma honra ter a possibilidade de ver estas motos com extremo valor e qualidade no evento do Estoril Classics. Apesar dos proprietários das motos não organizarem corridas, estas irão para a pista naquela que será, provavelmente, o maior conjunto de Motos de GP de sempre.

Se retrocedermos mais um pouco no tempo, podemos ver a Kawasaki 500 H1R, a primeira moto de produção japonesa a dois tempos com 3 cilindros (1971), ou a fantástica MV Augusta 500 pilotada por Giacomo Agostini em 1973, piloto que é uma lenda para muitos e também estará presente no evento.

Mas há mais história em duas rodas para contemplar, como por exemplo a Honda 500 RS de ex Gustav Reiner ou quando a Suzuki dava cartas no mundial com a Suzuki 500 XR72 (primeira Suzuki V4) e um senhor chamado Kevin Schwantz aos comandos. Será certamente uma delícia poder ver estes exemplares ao vivo juntos, naquele que será a maior concentração de motos históricas no país.

Se desejar vê-las de perto, desloque-se à gigante tenda perto do Media Center junto ao acesso do túnel A que serve de passagem para o público e delicie-se com um verdadeiro museu vivo de algumas das máquinas mais emblemáticas do mundo das duas rodas.

HORÁRIO SPIRIT OF SPEED

SÁBADO

14h10 – Modo Exibição

18h40 – Modo Exibição

DOMINGO

09h25 – Modo Exibição

13h00 – Modo Exibição

Partilhe

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificação