Serenata à chuva de Jack Miller em Assen

A chuva marcou a primeira sessão de treinos livres para o Motul TT Assen, com os pilotos de MotoGP a beneficiarem do facto de ela ter sido menos intensa durante o tempo em que estiveram em pista, com Jack Miller a obter o melhor registo, à frente de Pol Espargaro e Alex Marquez.

PEDRO RORIZ (auto.look2010@gmail.com)

Vencedor em 2016, o australiano Jack Miller (Ducati) registou o melhor tempo da sessão, à frente dos espanhóis Joan Mir (Suzuki) e Pol Espargaro (Honda), o que colocou três motos de marcas diferentes nas três primeiras posições. À vontade na chuva, o português Miguel Oliveira (KTM), que  considerou que não era altura de falar no futuro, registou o sexto tempo, sendo, claramente, o mais rápido da marca austríaca, depois de ter passado toda a sessão no lote dos 10 mais rápidos.

Como curiosidade refira-se que o campeão do mundo, o francês Fabio Quartararo (Yamaha) não foi além do 17.º tempo, a mais de um segundo do português, com claras dificuldades em adaptar-se às condições de aderência do asfalto.

Os pilotos espanhóis dominaram a primeira sessão de treinos livres de Moto2, com Aron Canet (Kalex), Fermin Aldeguer (Boscoscuro) e Augusto Fernandez (Kalex) a registarem os três melhores tempo, com destaque para o piloto da Boscoscuro, que colocou a marca numa posição que não é habitual.

De referir que outro espanhol, Pedro Acosta (Kalex), actual campeão de Moto3, vai estar ausente, em consequência de uma queda sofrida na terça-feira, quando treinava, da qual resultou a fractura do fémur esquerdo, com o piloto a ser operado em Barcelona e devendo estar de volta às pistas no início de Agosto, em Silverstone, depois de aproveitar a pausa de um mês para a recuperação.

Apesar de ser o seu primeiro ano no campeonato, o espanhol David Muñoz (KTM) mostrou-se particularmente à vontade no asfalto molhado do traçado de Assen e registou o melhor tempo da primeira sessão de Moto3, o que lhe permitiu aparecer pela primeira vez no topo da tabela de tempos.

O turco Deniz Oncu (KTM) e o inglês John McPhee (Husqvarna) completaram o lote dos três mais rápidos, com os espanhóis Izan Guevara (GasGas), vencedor das duas últimas corridas, e Sergio Garcia (GasGas), que comanda o campeonato, à frente do seu colega de equipa, a integrarem o lote dos 10 mais rápidos.

TEMPOS DOS TREINOS

MOTOGP – Jack Miller (Ducati), 1’42,589”; Joan Mir (Suzuki), 1’42,698”; Pol Espargaro (Honda), 1’42,891”; Alex Marquez (Honda), 1’42,959”; Aleix Espargaro (Aprilia), 1’43,030”; Miguel Oliveira (KTM), 1’43,091”; Alex Rins (Suzuki), 1’43,116”; Joan Zarco (Ducati),1’43,150”; Jorge Martin (Ducati), 1’43,189”; Maverick Viñales (Aprilia), 1’43,417”. Treinaram mais 15 pilotos.

MOTO2 – Aron Canet (Kalex), 1’46,877”; Fermin Aldeguer (Boscoscuro), 1’46,962”; Augusto Fernandez (Kalex), 1’47,052”; Somkiat Chantra (Kalex, 1’47,081”; Tony Arbolino (Kalex), 1’47,123”; Sam Lowes (Kalex), 1’47,272”; Filip Salac (Kalex), 1’47,374””; Jake Dixon (Kalex), 1’47,426”; Alonso Lopez (Boscoscuro), 1’47,621”; Ai Ogura (Kalex), 1’47,640”. Treinaram mais 20 pilotos.

MOTO3 – David Muñoz (KTM), 1’52,406”; Deniz Oncu (KTM), 1’52,689”; John McPhee (Husqvarna), 1’52,775”; Tatsuki Suzuki (Honda), 1’52,963”; Alberto Surra (Honda), 1’53,176”; Scott Ogden (Honda), 1’53,182”; Izan Guevara (GasGas), 1’53,575”; Sergio Garcia (GasGas), 1’54,115”; Jaume Masia (KTM, 1’54,306”; Lorenzo Fellon (Honda), 1’54,357. Treinaram mais 20 pilotos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.