“Sensação incrível ter ganho no Mónaco”

A DS Techeetah continua o seu sucesso no Principado do Mónaco. Depois de vencer o seu primeiro E-Prix do Mónaco como equipa em 2019, com Jean-Eric Vergne, a DS Techeetah manteve o troféu de vencedor no E-Prix bianual com a vitória de hoje de António Félix da Costa.

(auto.look2010@gmail.com)

Fez-se história hoje no desporto Nacional, com António Félix da Costa a vencer o Grande Prémio do Mónaco do Mundial de Fórmula E. Depois de largar da “pole position”, o piloto português esteve envolvido numa grande batalha pela vitória, mas foi mesmo na última volta, numa manobra de ultrapassagem épica, que o piloto da DS Techeetah passou para a liderança, vencendo categoricamente o GP do Mónaco.

António Félix da Costa sabia que a tarefa não seria fácil, com a gestão de energia a ter um papel fundamental na luta pela vitória. O piloto de Cascais começou na frente, perdeu a liderança para Robin Frijns, depois para Mitch Evans, mas na última volta, com uma manobra magistral, passou Mitch Evans, vencendo a corrida com 2,848 segundos de avanço sobre Robin Frijns e Mitch Evans a fechar o pódio.

«É um dia muito especial para mim, vencer no Mónaco é único, já tinha subido ao pódio mas nunca vencido. Estou sem palavras, foi uma corrida emocionante, com uma grande luta com o Mitch e o Robin, hoje queria mesmo muito ganhar e na última volta consegui consumar a ultrapassagem. É um dia que ficará marcado para sempre na minha memória. Tenho tido um inicio de época complicado, mas soubemos manter a motivação e hoje mostrámos a nossa raça, esta vitória relança-nos na luta do campeonato», referiu visivelmente emocionado António Félix da Costa no final, logo após o pódio, onde se ouviu a Portuguesa.

«Obrigado a todos, à minha equipa DS Techeetah e a todos os portugueses que me apoiam e me fizeram novamente vencer a votação do “fanboost”, que hoje me ajudou novamente a vencer esta corrida. Obrigado! Não estou a ver nenhuma outra modalidade com tantas trocas na liderança da corrida, foi inacreditável. Guardei tudo para a última volta e valeu a pena. Temos agora seis semanas antes da próxima corrida e vamos estar em Puebla extremamente motivados com estes resultados de hoje», sublinhou António Félix da Costa.

O Campeonato do Mundo de Fórmula E avança agora para a dupla jornada em Puebla, no México, nos dias 19 e 20 de Junho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *