Seis candidatos no Terras D’Aboboreira

Lista de Inscritos – Campeonato Portugal de Ralis

Lista de Inscritos – Campeonato Norte de Ralis

Prova do Clube Automóvel de Amarante disputa-se sexta-feira e sábado nos territórios de em Baião, Amarante e Marco de Canaveses.

PEDRO RORIZ (auto.look2010@gmail.com) – Fotos: JORGE CUNHA E ALBANO LOUREIRO / AIFA

Apesar das limitações de deslocações este fim-de-semana, tudo indica que o Rali Terras d’Aboboreira, organizado pelo Clube Automóvel de Amarante, seja uma realidade, com Bruno Magalhães (Hyundai i20 R5/Team Hyundai Portugal) e Armindo Araújo (Skoda Fabia R5/Team Armindo Araújo/The Racing Factory) a terem de vencer para continuarem a pensar na sucessão de Ricardo Teodósio (Skoda Fabia R5/Team Vito Skoda) na lista de campeões de Portugal.

Para Armindo Araújo, vencedor da prova inaugural e única em piso de terra efectuada até agora, reconhece que «o campeonato entra na fase decisiva e o resultado desta prova terá grande influência nas contas, mas sabemos que dependemos só de nós e por isso vamos tentar recuperar o comando do campeonato, tanto mais que estivemos muito fortes na única prova em piso de terra»

Para Ricardo Teodósio e José Pedro Fontes (Citroën C3 R5/Citroën Vodafone Team) as hipóteses, a duas provas do final do campeonato, de chegarem ao título passam por vencer e esperar que os seus adversários tenham algum problema, mas podem vir a influenciar a decisão “roubando” pontos àqueles que estão nas duas primeiras posições.

«As contas são difíceis e as nossas hipóteses dependem dos azares dos outros, pelo que o objectivo é vencer, tanto mais que já tinha saudades de uma prova em piso de terra, para mais em especiais que fazem parte do Rali de Portugal», referiu o piloto algarvio Ricardo Teodósio, actual detentor do ceptro.

Quem também pode influenciar as contas do título é Pedro Meireles (VW Polo GTi R5) que chega a Amarante moralizado pelo triunfo na Marinha Grande, mas acima de tudo pelo facto de, pela primeira vez, este ano, o carro ter correspondido às suas expectativas, pelo que a luta pela vitória promete ser intensa.

O Rali Terras d’Aboboreira assinala o regresso do Campeonato de Portugal de Ralis aos pisos de terra, depois do arranque, neste tipo de piso, no Rali Serras de Fafe e Felgueiras, a que se seguiram quatro provas em pisos de asfalto, Rali Cidade de Castelo Branco, Rali Vinho Madeira, Rali Alto Tâmega e Rali Vidreiro, e será decidido em seis provas de classificação, desenhadas nas florestais do Marão.

A prova arranca sexta-feira, em Marco de Canavezes (14h00), com os concorrentes a cumprirem uma dupla passagem pela classificativa da Aboboreira (16,00 km – 14h40 e 16h15) antes de regressarem ao local de partida (18h25)

No sábado, com partida (8h45) e chegada (16h10) a Marco de Canavezes, haverá uma dupla passagem pelas especiais de Amarante Natureza Criativa (23,67 km – 10h00 e 14h05) e Baião Vida Natural (10,52 km – 11h15 e 15h20).

CLASSIFICAÇÃO DOS CAMPEONATOS

PILOTOS – 1.º Bruno Magalhães, 125,63 pontos; 2.º Armindo Araújo, 116,19; 3.º Ricardo Teodósio, 85,11; 4.º José Pedro Fontes, 72,01; 5.º, Pedro Meireles, 50,05; 6.º Miguel Correia, 37,75; 7.º Manuel Castro, 31,25; 8.º Adruzilo Lopes, 19,25; 9.º António Dias, 18; 10.º Paulo Neto, 13,722. Estão classificados mais seis pilotos.

NAVEGADORES – 1.º Carlos Magalhães, 124,70 pontos; 2.º Luís Ramalho, 113,19; 3.º José Teixeira, 81,11; 4.º Inês Ponte, 66,39; 5.º Mário Castro, 48,05; 6.º Ricardo Cunha, 29,25; 7.º Pedro Alves, 29; 8.º António Costa, 24,75; 9.º Vítor Calado, 24,55; 10.º Valter Cardoso, 17. Estão classificados mais cinco navegadores.

EQUIPAS – 1.º Sports & You, 175,75 pontos; 2.º ARC Sport, 129,25; 3.º The Racing Factory, 120,25; 4.º Racing 4 You, 82,75; 5.º Domingos Sport, 31,75; 6.º Inside Motor, 14,5; 7.º Prolama, 10,25.

MARCAS – 1.º Skoda, 185,50 pontos; 2.º Hyundai, 108,75; 3.º Citroen, 105,25.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: