Segurança debatida em reunião da FIA em Portugal

A Federação Internacional do Automóvel (FIA) debateu esta quinta-feira diversas medidas que visam aumentar a segurança nas provas internacionais, em reunião mantida no Porto. Estas propostas têm, agora, de ser ratificadas pelo Conselho Mundial da FIA, em Dezembro.

(auto.look2010@gmail.com)

O presidente da Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting (FPAK), Ni Amorim, destacou o «novo sistema de assentos para os pilotos de karting» e a decisão de «encomendar um estudo sobre diferentes compósitos para os “roll bars” dos carros de rali e velocidade», de forma a tornarem o habitáculo mais seguro para os pilotos destas especialidades.

A “Anual Executive Meeting” da FIA decorreu nos últimos dois dias no Porto e debateu, entre outros assuntos, «a regulamentação, a segurança, as licenças e homologações, as provas piratas e os seguros». Ao todo, estiveram presentes 14 federações de países europeus e o secretário-geral do organismo, Peter Bayer.

«Para Portugal é uma honra acolher este encontro, do qual saem propostas de melhoria do desporto automóvel a nível mundial e que podem ter impacto no futuro», explicou Ni Amorim. O responsável máximo do automobilismo nacional referiu ainda: «No karting, a decisão de vir a introduzir bancos integrais que ajudam à extracção rápida do piloto em caso de acidente pode ter um grande impacto na segurança da modalidade».

«Ainda no karting, decidiu-se dotar os pilotos de uma pulseira electrónica, que, em caso de acidente, fornece imediatamente diversas informações sobre o estado físico do corredor aos médicos no local, como a pulsação», explicou. Além disso, da reunião saiu a decisão de uniformizar «os vários tipos de licenças desportivas existentes nos diversos países».

Estas propostas têm, agora, de ser ratificadas pelo Conselho Mundial da FIA, em Dezembro.

Partilhe

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificação