Segunda vitória de Thierry Neuville no WRC 2019

O piloto belga conduziu hoje o Hyundai i20 WRC ao triunfo no Rali da Argentina, quinta prova do Mundial, e aumentou a vantagem sobre o francês Sébastien Ogier (Citroën C3 WRC), segundo no campeonato, para 10 pontos.

PEDRO RORIZ (auto.look2010@gmail.com)

Thierry Neuville e Nicolas Gilsoul (Hyundai i20 Coupé WRC)

Ao contrário do que sucedeu na Córsega, onde a vitória só se decidiu na derradeira especial, desta vez, na Argentina, tudo aconteceu ao contrário, com o belga Thierry Neuville (Hyundai i20 Coupe WRC) a ter uma derradeira etapa tranquila, depois do abandono do estónio Ott Tanak (Toyota Yaris WRC) no dia anterior.

Com o norueguês Andreas Mikkeslen (Hyundai i20 Coupé WRC) como fiel escudeiro, o piloto belga limitou-se a levar o carro até ao fim, assegurar a vitória, a segunda do ano, e aumentar para 10 pontos a vantagem sobre o francês Sébastien Ogier (Citroen C3), que completou o pódio, depois de ter minimizado as perdas pontuais ao ser o mais rápido na “Power Stage”, o que lhe permitiu trocar de posição com o inglês Kris Meeke (Toyota Yaris WRC), que perdeu o pódio por 1,4 segundos.

Andreas Mikkelsen e Anders Jaeger (Hyundai i20 Coupé WRC)

O hexacampeão mundial Sébastien Ogier manteve um intenso duelo com o irlandês Kris Meeke (Toyota Yaris), que ficou decidido apenas na especial final, com o piloto da marca nipónica a sofrer um furo e a perder seis segundos para o francês. Antes disso, na penúltima especial, em Mina Clavero, o francês acertou no pilar de um portão e danificou a direcção do seu C3, cedendo um minuto e caindo para o quarto lugar. Mas Meeke viria a ser penalizado por ter atalhado precisamente no mesmo local onde Ogier bateu, depois de uma denúncia da Citroën. Com estes acontecimentos, o francês terminou no degrau mais baixo do pódio.

Também com o objectivo de somar alguns pontos, Ott Tanak regressou à prova no derradeiro dia e acabou por arrecadar cinco pontos, quarto pelo oitavo lugar da geral e um por ter sido quinto na “Power Stage”, o que o deixa a 28 pontos de Thierry Neuville.

Sébastien Ogier e Julian Ingrassia (Citroën C3 WRC)

O norueguês Mads Ostberg (Citroen C3 R5) venceu entre os RC2 e terminou no nono lugar, à frente do chileno Pedro Heller (Ford Fiesta R5) que, dentro de 15 dias, “corre em casa” na estreia do Chile no WRC, com a particularidade dos carros terem entrado em parque fechado no final da prova argentina, só podendo voltar a ser mexidos no Chile, a escassos dias do arranque da prova, pelo que resta saber como é que os “estragos”, registados no país das “pampas”, vão ser pagos na prova chilena.

 

 

FICHA DA PROVA

Prova – XION Rally Argentina

Data – 25/28 de Abril

Organizador – ACA – Automóvil Club Argentino

Estrutura – 1 300,38 km divididos por quatro etapas: Vila Carlos Paz – Vila Carlos Paz (11,30 km); Vila Carlos Paz – Vila Carlos Paz (656,61 km); Vila Carlos Paz – Vila Carlos Paz (345,29 km); Vila Carlos Paz – Vila Carlos Paz (287,07 km)

PC – 18 (1 + 7 + 7 + 3)

Extensão das PC – 347,50 km (1,90 km + 145,92 km + 146,52 km + 53,16 km)

Percentagem das PC – 26,72 %

Inscritos – 27 (10 RC1, 9 RC2, 1 RC4, 7 ASN)

Participantes – 25 (10 RC1, 9 RC2, 6 ASN)

Classificados – 18 (8 RC1, 7 RC2, 3 ASN)

Comandantes sucessivos

Absoluto – Ott Tanak, da 1.ª à 3.ª PC; Kris Meeke, da 4.ª à 6.ª PC; Ott Tanak, na 7.ª PC; Thierry Neuville, da 8.ª à 18.ª PC

RC1 – Ott Tanak, da 1.ª à 3.ª PC; Kris Meeke, da 4.ª à 6.ª PC; Ott Tanak, na 7.ª PC; Thierry Neuville, da 8.ª à 18.ª PC

RC2 – Takamoto Katsuta, na 1.ª PC; Mads Ostberg, da 2.ª à 18.ª PC

ASN – Alejandro Galanti, da 1.ª à 18.ª PC

Vencedores

Absoluto – Thierry Neuville/Nicolas Gilsoul (Hyundai i20 Coupé WRC)

RC1 – Thierry Neuville/Nicolas Gilsoul (Hyundai i20 Coupé WRC)

RC2 – Mads Ostberg/Torstein Eriksen (Citroen C3 R5)

ASN – Alejandro Galanti/Marcelo Toyotoshi (Toyota Etios

CLASSIFICAÇÃO

POSEQUIPACARRO TEMPO
1.ºThierry Neuville/Nicolas GilsoulHyundai i20 Coupé WRC3.20’54,6″
2.ºAndreas Mikkelsen/Anders JaegerHyundai i20 Coupé WRCa 48.4″
3.ºSébastien Ogier/Julian IngrassiaCitroën C3 WRCa 1’04,8″
4.ºKris Meeke/Sebastian  MarshallToyota Yaris WRCa 1’06,2″
5.ºJari-Matti Latvala/Mikka AntillaToyota Yaris WRCa 1’21,1″
6.ºDani Sordo/Carlos del BarrioHyundai i20 Coupé WRCa 1’26,7″
7.ºTeenu Suninen/Marko SalminenFord Fiesta WRCa 4’57,3″
8.ºOtt Tanak/Martin JarveojaToyota Yaris WRCa 14’24,8″
9.ºMads Ostberg/Torstein EriksenCitroen C3 R5a 14’28,5″
10.ºPedro Heller/Marc MartiFord Fiesta R5a 20’14,5″

OS MAIS RÁPIDOS

1.º2.º3.º4.º5.º6.º
Ott Tanak520034
Thierry Neuville461310
Sébastien Ogier334040
Andreas Mikkelsen323230
Kris Meeke213323
Jari-Matti Latvala033206
Dani Sordo020523
Elfyn Evans001111
Esapekka Lappi000110
Teemu Suninen000001

CLASSIFICAÇÕES DOS “MUNDIAIS”

PILOTOS – 1.º, Thierry Neuville, 110 pontos; 2.º, Sébastien Ogier, 100; 3.º, Ott Tanak, 82; 4.º, Kris Meeke, 54; 5.º, Elfyn Evans, 43; 6.º, Andreas Mikkelsen, 30; 7.º, Jari-Matti Latvala, 29; 8.º, Dani Sordo, 16; 9.º, Esapekka Lappi, 26; 10.º, Sébastien Loeb, 22; 11.º, Teemu Suninen, 20; 12.º, Benito Guerra, 8; 13.º, Gus Greensmith e Marco Bulacia Wilkinson, 6; 15.º, Yoann Bonato e Pontus Tidemand, 4; 17.º, Stéphane Sarrazin, Ole Christian Veiby e Mads Ostberg, 2; 19.º, Adrien Fourmaux, Riardo Triviño, Janne Tuohino e Pedro Heller, 1

MARCAS – 1.º, Hyundai Shell Mobis WRT, 157 pontos; 2.º, Toyota Gazoo Racing WRT, 120; 3.º, Citroen Total WRT, 117; 4.º, M-Sport Ford WRT, 78

PRÓXIMA PROVA – COPEC Rally do Chile, de 9 a 12 de Maio.

Partilhe

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificação