Sébastien Ogier: primeiro líder no Quénia

Piloto francês acredita que o Safari Ralo Quénia terá contornos de “sobrevivência” com condições mais desafiadoras em comparação com as experimentadas o ano passado. Contudo foi o mais rápido na super-especial de Kasarani.

PEDRO RORIZ E CARLOS SOUSA (auto.look2010@gmail.com)

Os 4,84 km da muito poeirenta Super Especial de Kasarani, que abriu a edição 2022 do Safari Rally Kenia, sexta prova do WRC (Campeonato do Mundo de Ralis), permitiram ao francês Sébastien Ogier (Toyota GR Yaris Rally1) tornar-se o primeiro comandante, com 0,6 segundos de avanço sobre o belga Thierry Neuville (Hyundai i20 N Rally1).

O estónio Ott Tanak (Hyundai i20 N Rally1) registou o terceiro tempo, com o francês Sébastien Loeb (Ford Puma Rally1), quinto, atrás do inglês Elfyn Evans (Toyota GR Yaris Rally1), a ser o melhor dos homens da marca da oval.

É sabido que nas super-especiais, concebidas para o espectáculo e para o público ver de perto duplas e carros, nada se ganha, mas muito pode ser perdido, o que esteve quase a acontecer ao finlandês Kalle Rovampera (Toyota GR Yaris Rally1), comandante do “Mundial”.

Um excesso, logo na primeira curva, levou ao furo do pneu traseiro direito e à eminência do capotar do carro, mas o piloto conseguiu ultrapassar a situação, manteve o “pé em baixo”, mas seria o mais lento dos WRC, ao perder 11,6 segundos para Sébastien Ogier.

Diferença que não é significativa, mas que pode ser agravada amanhã, quando vai ter a dificuldade de suplementar de abrir a estrada. Amanhã, dia em que o “Safari” começa a sério, os concorrentes vão ter de passar duas vezes pelas especiais de Loldia (19,17 km), Geothermal (11,68 km) e Kedong (31,25), a mais extensa, sendo de prever muitas dificuldades, nomeadamente no capítulo da visibilidade, mesmo havendo quatro minutos de intervalo entre os carros do WRC.

Classifcação da 1.ª PC – 1.º, Sébastien Ogier/Benjamin Veillas (Toyota GR Yaris Rally1), 3’18,8”; 2.º, Thierry Neuville/Martijn Wydaeghe (Hyundai i20 N Rally1), 3’19,4”; 3.º, Ott Tanak/Martin Jarveoja (Hyundai i20 N Rally1), 3’19,9”; 4.º, Elfyn Evans/Scott Martin (Toyota GR Yaris Rally1), 3’20,0”; 5.º, Sébastien Loeb/Isabelle Galmiche (Ford Puma Rally1), 3’20,6”; 6.º, Takamoto Katsuta/Aaron Johnston (Toyota GR Yaris Rally1), 3’20,7”; 7.º, Craig Breen/Pal Nagle (Ford Puma Rally1), 3’23,2”; 8.º, Gus Greensmith/Jonas Andersson (Ford Puma Rally1), 3’23,5”; 9.º, Oliver Solberg/Elliott Edmondson (Hyundai i20 N Rally1), 3’24,6”; 10.º, Adrien Fourmaux/Alexandre Coria (Ford Puma Rally1), 3’25,9”;.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.